22/05/2017 às 19h57min - Atualizada em 23/05/2017 às 09h22min

Vereador propõe abertura de CPI para investigar o SAMU de Maricá

IMG_5879 (800x533)

IMG_5879 (800x533)

Por Romário Barros- O Vereador Ricardinho Netuno (PEN) subiu a tribuna da sessão da Câmara de Vereadores desta segunda-feira, 22, e propôs que seja aberta uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Maricá. Netuno citou quatro acidentes ocorridos em um período de três horas na noite deste domingo, 21, em Maricá. De acordo com ele, Bombeiros de diversos quartéis da região tiveram de ser deslocados para Maricá em razão das ambulâncias do SAMU estarem fora de operação. Ele explicou a situação. "- Neste domingo aconteceram quatro acidentes graves. Um em Cordeirinho, um em Inoã, um no Flamengo e outro em Itaipuaçu. A ambulância de Maricá foi para Cordeirinho e em seguida teve que ir correndo para o acidente em Inoã, onde houve um óbito. Houve um acidente no Flamengo e vieram os Bombeiros de Itaboraí. Aconteceu mais um grave em Itaipuaçu e tiveram de vir duas ambulâncias do Bombeiros do Quartel do Centro de Niterói. Cadê o SAMU? Estava mais uma vez com as ambulâncias quebradas", enfatizou o parlamentar. Ainda de acordo com o parlamentar, a solução seria abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar os problemas que vêm acontecendo com o SAMU na Cidade. "- Acho que devemos tomar uma atitude. Temos que dar um basta nisso. A Política tem que ser revertida para o interesse coletivo, para o interesse da população. A vida da população tem era pra ficar em primeiro lugar, está ficando para escanteio. Só o Bombeiro que está atuando na cidade, o SAMU não existe. É uma vergonha e tem verba. Todo mês vem verba para SAMU e cadê esse dinheiro? Acho que não dá para aguentar mais e acho que está na hora de abrir uma CPI e investigar isso mais a fundo", comentou o Vereador. Confira a íntegra da sessão desta segunda-feira, dia 22, no vídeo abaixo
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp