18/06/2017 às 19h35min - Atualizada em 19/06/2017 às 20h55min

Mais um caso suspeito de gripe H1N1 em Maricá

IMG-20170618-WA0156

IMG-20170618-WA0156

Por Romário Barros- Uma criança de um ano e quatro meses deu entrada no Hospital Municipal Conde Modesto Leal, no Centro de Maricá, na manhã deste domingo (18), com suspeita de ter contraído o vírus da influenza A, conhecido por H1N1.

De acordo com levantamento feito pelo LSM, a criança, moradora do bairro de Bambuí, deu entrada no Hospital Municipal Conde Modesto Leal, no Centro da Cidade, na manhã deste domingo. Exames preliminares feitos na Unidade Hospitalar apontaram a existência do vírus da Influenza e a criança foi transferida para uma sala de observação individual no Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo. No último domingo um morador de Ubatiba também teve um suspeita da doença e foi transferido para um Hospital de Niterói (Morador de Maricá com suspeita de gripe H1N1 é transferido para Hospital de Niterói). A Prefeitura de Maricá informou em nota que a posição da Secretaria de Saúde é a mesma adotada anteriormente. Segundo a nota, se existe a suspeita, o paciente é isolado, tem amostras de material colhido para análise no Lacen, que define o resultado. A Prefeitura disse também que acionou a regulação do Estado para a transferência do paciente. A Prefeitura finalizou dizendo que todos os protocolos recomendados para casos dessa natureza foram seguidos. GRIPE H1N1 A gripe H1N1 consiste em uma doença causada por uma mutação do vírus da gripe. Também conhecida como gripe Influenza tipo A ou gripe suína, ela se tornou conhecida quando afetou grande parte da população mundial entre 2009 e 2010. Os sintomas da gripe H1N1 são bem parecidos com os da gripe comum e a transmissão também ocorre da mesma forma. O problema da gripe H1N1 é que ela pode levar a complicações de saúde muito graves, podendo levar os pacientes até mesmo à morte.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp