publicidade 1200x90
16/11/2017 às 17h54min - Atualizada em 16/11/2017 às 17h54min

Agentes da Defesa Civil de Maricá participam de curso de radioamador

Agentes da Defesa Civil de Maricá e de outros municípios do estado participaram nesta quinta-feira (16/11) de um curso preparatório para realização do exame da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) para a obtenção do Certificado de Operador de Estação de Radioamador (COER). A aula, realizada em um auditório privado no bairro Parque Nanci, foi ministrada por Francisco Jackson, secretário geral da Liga de Amadores Brasileiros de Rádio Emissão (LABRE) e assessor de comunicação da Rede Nacional de Emergência Radioamador do Rio de Janeiro. Segundo Francisco, o Radioamador é o profissional habilitado, mediante exames aplicados pela ANATEL, para operar em uma estação de radioamador e o COER é um documento expedido à pessoa que tenha sido aprovada nestes exames. “O que nós estamos fazendo aqui hoje é uma preparação do pessoal da Defesa Civil e demais inscritos para a prova que será aplicada futuramente pela ANATEL e que tem como objetivo a emissão do COER.”, afirmou. “Para operar uma estação de radioamador é obrigatório possuir esse certificado. Para Paulo Roberto, presidente da LABRE no Rio de janeiro, a preparação e futuramente a certificação são muito importantes, pois permitem que os agentes adquiram um conhecimento aprofundado no comando das operações. “Quando, por alguma razão, falharem as comunicações locais, o radioamador permanece ajudando no comando das operações”, afirmou. “Esse tipo de preparação para a prova da ANATEL é algo frequente, pois é um treinamento por solicitação. As Defesas Civis nos solicitam e nós ministramos esses cursos de iniciação”, explicou. O agente administrativo da Defesa Civil de Maricá, Fábio Moralider, contou que a experiência comprova que a certificação em Radioamador pode fazer toda a diferença em caso de desastres. “Essa certificação é indispensável, pois nos prepara para em casos de desastres, por exemplo, onde as comunicações por celulares, computadores, entre outros, sejam interrompidas podemos contar com mais essa alternativa de comunicação”, disse Fábio. “Já teve essa necessidade em Friburgo e Teresópolis e esse tipo de comunicação possibilitou salvar muitas vidas. A comunicação via Radioamador é indispensável para qualquer município passível de sofrer com algum tipo de desastre”, finalizou.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp