11/12/2017 às 08h55min - Atualizada em 11/12/2017 às 08h56min

Ver. Ricardinho Netuno discute em Audiência Pública sobre aumento do pedágio da Ponte Rio-Niterói


O Vereador Ricardinho Netuno foi convidado pelo Vereador Betinho a compor a mesa da Audiência Pública Legislativa, que ocorreu na última sexta-feira (08) na Câmara Municipal de Niterói, para discutir sobre o aumento da tarifa de pedágio da ponte Rio - Niterói, para custear envios de multas.

O intuito dessa mudança é fazer com que esse aumento ajude a arcar com os gastos com os Correios para o envio de multas a motoristas infratores.

 “É um absurdo querer que os custos pelo envio dessas multas sejam arcados pela população que faz a utilização da ponte todos os dias. Não é justo que todos os motoristas tenham que pagar pela falta de responsabilidade de alguns.Me posicionei para defender a população que utiliza a ponte diariamente. Não podemos deixar isso acontecer.” Afirma o Vereador.

 O Vereador propôs que seja criada uma comissão parlamentar com Vereadores de todos os municípios que serão afetados por esse aumento, para que essa comissão possa fazer pressão política em Brasília junto a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

 “Estou lutando para que isso não aconteça, porque irá prejudicar muito a população de Maricá, já que grande parte trabalha no Rio por não haver muitas oportunidades de emprego na cidade. Sem contar o prejuízo que o trabalhador já tem com os valores altos da gasolina e os engarrafamentos. É inaceitável querer repassar isso para o contribuinte.” Explica o Vereador.

 Ele também defende que essa taxa seja extremamente abusiva e afirma que pelo princípio da proporcionalidade o número de veículos transitando na ponte diariamente é extremamente maior que o número de multas registradas.

 Além da presença do Vereador Ricardinho Netuno, a audiência contou com condução do Vereador Betinho, presidindo a sessão, do Procurador do Município de Niterói, representantes da ANTT, Ecoponte, da Policia Rodoviária Federal e da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp