07/03/2018 às 01h30min - Atualizada em 07/03/2018 às 15h24min

Vereador Filippe Poubel denuncia caso de negligência médica no Hospital de Maricá


 
O vereador Filippe Poubel denunciou na Câmara de Vereadores de Maricá na última segunda-feira, 5, um grave caso de negligência, envolvendo médicos do Hospital municipal Conde Modesto Leal, no Centro da Cidade. Segundo Poubel, na noite do dia 2 de fevereiro, o paciente chegou ao hospital, acompanhado de sua esposa, com um importante inchaço no pé, além de uma ferida e febre muito alta. O paciente recebeu o primeiro atendimento e logo foi diagnosticado como princípio de infarto. Ele foi medicado e continuou no hospital sob observação. Na troca do plantão, o segundo médico reforçou o diagnóstico de princípio de infarto, medicou o paciente e logo em seguida deu alta médica ao mesmo. Na manhã do mesmo dia, o paciente voltou ao hospital, sentindo fortes dores na lesão, e febre muito alta. Ele foi atendido então pela terceira médica, que reafirmou o diagnóstico de princípio de infarto, medicou o paciente, receitou cefalexina e liberou o mesmo. Já em sua residência, o paciente continuou sentindo muitas dores no local da lesão e febre muito alta. Foi então que a médica de família, a Dra Medeleine, que por acaso estava visitando a cunhada do paciente em questão, quando se deparou com a situação, imediatamente atestou que o caso se tratava de uma picada de algum inseto venenoso. A Dra executou procedimentos médicos no local e encaminhou o paciente para o Hospital Alberto Torres, em São Gonçalo. Já no Alberto Torres, um simples exame de sangue confirmou o diagnóstico da Dra Medeleine, e posteriormente um exame mais minucioso atestou que se tratava de uma picada de aranha venenosa. Segundo Poubel, a falta de um diagnóstico preciso no Hospital Conde Modesto, contribuiu para que a lesão no pé do paciente evoluísse ao ponto de risco de amputação do membro lesionado. - “É um absurdo o que acontece com nossos munícipes nesse Hospital! Pessoas ligadas ao governo ainda tem a coragem de dizer que a saúde do nosso município está uma maravilha. Infelizmente, um caso de negligência tripla, onde 3 médicos deram diagnóstico de princípio de infarto, quando na verdade se tratava de picada de aranha venenosa, agora o paciente corre o risco de perder a sua perna.”, dispara Poubel. O parlamentar também falou sobre a falta de assistência por parte da secretaria de saúde, neste caso de negligência, e reforçou o pedido para que esse caso seja tratado com a devida atenção e respeito, caso contrário, levaria o caso ao Ministério Púbico. - “ Como se não bastasse esse absurdo, a secretaria de saúde não vem prestando nenhum tipo de assistência a família. Tenho documentos que comprovam que a única medida que foi tomada por parte da prefeitura, foi uma marcação de exame e o oferecimento de um cartão mumbuca! Exijo que essa família seja completamente assistida pelo executivo municipal, e que se instaure uma sindicância para identificar os responsáveis por esse crime! Isso não pode ficar impune, nem muito menos acontecer novamente!”, Finaliza Poubel.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp