19/03/2018 às 15h25min - Atualizada em 19/03/2018 às 15h26min

Vereadores de Maricá fazem minuto de silêncio pela morte da vereadora Marielle Franco


A morte da vereadora do Rio, vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Pedro Gomes também repercutiu na Câmara de Maricá. Os vereadores da cidade lamentaram a morte a tiros da dupla na última quarta-feira. O vereador Dr. Felipe Auni (PSD) pediu um minuto de silêncio e posteriormente foi à tribuna para falar da morte de Marielle. Ele pediu apuração responsável do crime.

Auni explicou o porquê da repercussão da morte da parlamentar ter sido maior que a morte de policiais militares. Ele salientou que é importante que os Direitos Humanos também apoiem a causa de policiais mortos.

“Não vou entrar em questões ideológicas e partidárias. Mas, ela foi eleita democraticamente. Tinha sua luta. Vi muitos questionamentos na internet e muita maldade foi colocada. Acho que os policiais que são assassinados merecem todo respeito e interesse. Sou favorável aos Direitos Humanos estarem presentes. Mas, a diferença é que ela era uma legisladora. Deus nos livre, mas se fosse a gente, teria a mesma repercussão”.

O vereador Dr. Richard (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, também comentou o crime. “Nada justifica tamanho horror. Não adianta fechar os olhos e ouvidos e banalizar a violência. A maldade é real e dos homens. Marielle, negra, mulher, defensora de Direitos Humanos. Ela já defendeu a vida e direitos até de policiais. Ela foi fruto de uma covardia terrena”.

VEJA A SESSÃO DESTA SEGUNDA-FEIRA, 19, NO VÍDEO ABAIXO
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp