01/05/2018 às 13h30min - Atualizada em 01/05/2018 às 14h08min

Iniciada construção de ciclovia na estrada Maricá-Itaboraí


A Secretaria de Obras iniciou na última semana a construção de mais uma ciclovia na cidade. Desta vez, o local escolhido foi a RJ-114 (estrada que liga Maricá a Itaboraí). Serão cerca de 2 km de extensão por 3 metros de largura que vão receber asfaltamento e pavimentação à beira da rodovia. A expectativa da secretaria é que o novo calçamento diminua o risco de acidentes e atropelamentos, uma vez que ciclistas e pedestres não irão mais dividir os pequenos espaços com os carros que transitam na estrada. O engenheiro de pavimentação e fiscal de obras, Wellington Chavão, explicou que inicialmente será construído um trecho de aproximadamente 700 metros de extensão para na próxima semana dar prosseguimento ao trabalho. Segundo o engenheiro, para esta primeira etapa foram necessários sete caminhões que transportavam cerca de 300 toneladas de massa asfáltica. “Isso aqui vai ser beneficiado tanto para o ciclista tanto para os moradores que transitarem por aqui. Eles poderão fazer suas atividades físicas, correr e passear”, disse o fiscal de obras. Também foram utilizadas uma retroescavadeira, máquina patrol e acabadora. O serviço contou com 14 agentes da Secretaria de Obras. Os comerciantes e pedestres que passavam pelo local comemoraram o início da construção da nova ciclovia. Na opinião do administrador Rogério Covere, de 32 anos, o novo acostamento vai permitir uma melhor mobilidade entre os ciclistas e pedestres. “Existem ciclistas que já fazem circuitos, só que aqui não tem acostamento. Agora vai melhorar para eles. Futuramente, quando eu me mudar para cá, vai ser viável para mim também”, avaliou o administrador que em breve vai morar em Ubatiba. O auxiliar de serviços gerais, Carlos Eduardo Vieira de Souza, espera aproveitar a nova pista quando passar os finais de semana e feriados na cidade. “Isso aqui é um desenvolvimento muito bom para a pessoa que anda a pé ou de bicicleta. Isso é muito bom para a cidade. De repente posso pegar um feriado ou um domingo para dar uma corridinha ou uma passeada aqui”, brincou o morador de Itaboraí. Dono de uma loja de ração na entrada da RJ-114, o empresário Ricardo Rangel, de 32 anos, disse que a construção da ciclovia poderá evitar acidentes envolvendo pedestres e ciclistas. “Isso é interessante porque facilita a mobilidade do pedestre que antes não tinha. Ele andava num canto da rodovia, podendo até ser vítima de algum acidente. Com certeza vai facilitar muito o acesso das pessoas”, analisou.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp