11/05/2018 às 20h45min - Atualizada em 11/05/2018 às 20h51min

Vacinação contra a febre aftosa segue até o final do mês de maio em Maricá


Com incentivo de doação de vacinas para pecuaristas com até 60 cabeças de bois e búfalos, a Secretaria de Agricultura, Pesca e Pecuária de Maricá imuniza os animais de propriedades no Espraiado, Bananal, Ponta Negra, Cordeirinho, Jaconé e Manoel Ribeiro até o dia 15 deste mês. Em seguida, serão atendidas as localidades rurais em Ubatiba e no Silvado. Produtores com mais de 60 cabeças não estão isentos da obrigação e devem comprar as vacinas, aplicar nos animais e comprovar o procedimento. A vacinação acontece até dia 31 de maio. No momento já foram vacinados cerca de 200 animais e a expectativa é que, até o dia 31, este número chegue a 2 mil vacinas. Lembrando que todos os animais devem ser vacinados, dos recém-nascidos aos que estão caducando. Comparado com o ano de 2017, em que 1121 animais foram vacinados, a Prefeitura espera que neste ano os produtores contribuam conscientemente para o bem-estar destes animais. O Posto Municipal de Defesa Agropecuária (PMDA) fica no Parque de Exposições, na Rua 1º de Maio (Caju), e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, acolhendo e orientando os produtores que precisem fazer a imunização de seu gado e também que precisem comprovar as vacinações dos animais. A febre aftosa apresenta sua alta mortalidade nos animais jovens. O diagnóstico da aftosa é feito clinicamente e, após a observação das feridas na mucosa do animal, é realizado um exame laboratorial que confirma a doença, sendo a vacinação ainda a maior forma de prevenir que esta doença se espalhe.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp