21/05/2018 às 14h47min - Atualizada em 21/05/2018 às 14h47min

Inaugurada em Cordeirinho a terceira agência do Banco Mumbuca


Os moradores de Cordeirinho ganharam na manhã deste sábado (19/05) uma agência do Banco Mumbuca – essa é a terceira unidade no município. As outras ficam no Centro e em Inoã. O evento contou com o lançamento do Mumbucred (programa de crédito do banco a juros zero), a realização de shows culturais, feira de artesanato, gastronomia e apresentação de trabalhos de artistas plásticos da Feira de Artesanato de Maricá (Feirarte), projeto da Secretaria de Turismo. O secretário de Economia Solidária, Diego Zeidan falou sobre a inauguração da agência em Cordeirinho. “Esse é um momento histórico para o município. Nosso governo pensa no povo e prioriza políticas públicas que facilitem a vida das pessoas. O banco comunitário não é da prefeitura, ele pertence a todos os cidadãos de Maricá. E o que queremos é levar os serviços do Banco Mumbuca cada vez mais perto da população”, declarou o secretário, acrescentando que está prevista para julho a inauguração da quarta agência, em Itaipuaçu. Também presente ao lançamento do banco, o secretário de Participação Popular, Direitos Humanos e Mulher, João Carlos de Lima, falou sobre a importância da união dos cidadãos para a construção de uma sociedade mais justa. “Temos que ser mais humanos e nos preocupar com o nosso vizinho e essa é a política do banco comunitário quando concede empréstimos a cooperativas e grupos coletivos em prol de um benefício maior. O banco comunitário muda a cultura da cidade e busca socializar o que temos”, destacou o secretário. O presidente do Banco Mumbuca e coordenador técnico do Instituto Banco Periferia, Joaquim Melo, explicou que o banco opera por meio da plataforma e-dinheiro para efetuar serviços como pagamento de contas, transferência e pagamento dos benefícios sociais pagos com a Moeda Social Mumbuca, o Renda Mínima e Renda Básica da Cidadania. “Qualquer morador, independente de renda, poderá abrir sua conta e poderá, inclusive, movimentá-la por meio do celular ou cartão de débito. Ao todo, temos 362 estabelecimentos conveniados e mais de nove mil usuários beneficiados pelo Renda Mínima”, declarou o presidente. A moradora de Cordeirinho, Valkíria Lopes da Costa, de 48 anos, que é consultora de uma empresa de produtos naturais, aproveitou para abrir sua conta no banco. “Tenho a certeza de que esse banco vai facilitar muito para nós empreendedores porque poderemos pagar nossas contas, pegar empréstimo e realizar todas as operações de um banco comum. É um grande passo que mostra como nosso bairro está crescendo”. A artesã Wanisse Lascusas, com o grupo de artesã da qual faz parte, foi a primeira a receber o empréstimo a juros zero no valor de R$ 2 mil. Para ela, esse crédito será fundamental para investir na compra de materiais que contribuam para desenvolver ainda mais seu pequeno negócio. “É uma oportunidade muito valiosa para nós, pequenos empreendedores, que precisamos de estímulos. A cooperação de todos faz com que tenhamos força para crescer e vencer”, declarou a artesã. Outra artesã que efetuou a abertura de sua conta foi Clariciane Tolp, moradora de Bambuí, de 42 anos. “Meu objetivo é facilitar o contato com meu cliente. Ao abrir essa conta, quero vender mais e incentivar que as pessoas comprem mais comigo”, ressaltou a artesã, que pretende no futuro solicitar um empréstimo ao banco para investir em seu negócio. A nova agência fica localizada na esquina da Avenida Maysa com a Rua 80, em Cordeirinho. [gallery columns="2" ids="157458,157459,157460,157461,157462"]
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp