23/05/2018 às 18h22min - Atualizada em 24/05/2018 às 09h51min

Em Maricá, caminhoneiros seguem em protesto contra o aumento dos combustíveis - VÍDEO


[gallery columns="1" size="full" ids="157788"] Por Romário Barros- O protesto dos caminhoneiros em razão da alta do preço dos combustíveis segue acontecendo nesta quarta-feira, 23, pela Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), em Maricá. Durante todo o dia, a equipe do LSM esteve na RJ-106 cobrindo a paralisação dos motoristas, que em protesto, pararam os seus veículos no acostamento nos dois sentidos da Rodovia na altura do km 30. O protesto também segue pela Rodovia RJ-114, que liga os municípios de Maricá e Itaboraí. Desde as 8 horas da manhã, caminhoneiros fazem filas no acostamento da Rodovia na altura do km 30, no bairro do Flamengo e até as 17h30, os motoristas permaneciam no local. Os caminhoneiros estão em protesto contra o preço do diesel e os impostos que incidem sobre os combustíveis, que passam por frequentes reajustes diário através da política de preço da Petrobras, em vigor desde julho de 2017. Eles também reivindicam mais segurança nas rodovias estaduais e federal para reprimir os constantes roubos de carga que vem aumentando nos últimos meses. Protesto de caminhoneiros afeta abastecimento de diesel dos ‘Vermelhinhos’ de Maricá
Por conta da greve nacional dos caminhoneiros a Empresa Pública de Transporte (EPT) informa que os ônibus Vermelhinhos operam em escala reduzida a partir desta quarta-feira (23/05).
A medida é necessária devido ao abastecimento do posto da frota estar comprometido pela paralisação. Todas as linhas que atendem o município tiveram os horários de circulação reduzidos e alguns itinerários foram unificados. Nos horários de maior demanda, como saída e retorno do trabalho e horários escolares, a operação será normal. Começa a faltar combustíveis em postos de Maricá Por volta do meio-dia desta quarta-feira, 23, extensas filas foram registradas nas entradas dos principais postos de Maricá. O motivo é a falta de abastecimento da refinaria para as redes de postos de combustíveis. O caso foi confirmado pelo Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis do Rio, que em nota afirmou que já está faltando gasolina em postos da capital e da Região Metropolitana. O desabastecimento afeta também as lojas de conveniência. No Posto Mar Azul, no Centro de Maricá a gasolina, por exemplo, já custando R$ 5,09 e a previsão é que todos os combustíveis acabem durante a tarde. A gasolina aditivada já acabou. O fornecimento está prejudicado desde as 10 horas de segunda-feira, por conta da paralisação dos caminhoneiros, que neste momento já afeta pelo menos 21 estados, incluindo o Rio de Janeiro. Fotos : Gabriel Reis - Romário Barr0s - Denes Pereira [gallery columns="2" ids="157781,157782,157783,157784,157785,157786,157787"]
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp