31/05/2018 às 12h32min - Atualizada em 31/05/2018 às 12h42min

Em Niterói, LSM visita sala de operações e gerenciamento de crises no 12º BPM


 O LSM esteve visitando na última terça-feira, 29, a sala de operações do 12º BPM (Niterói) que monitora e gerencia crises e grandes eventos. A sala funciona em parceria com a Associação ONG Viver Bem. São mais de 300 câmeras de monitoramento, sendo que mais da metade transmite simultaneamente imagens em telões, acompanhados por agentes de plantão 24 horas.  Sem apoio da prefeitura de Maricá, a ong Viver Bem, que monitora por conta própria a cidade de Niterói com mais de 300 câmeras de segurança, está entrando com algumas câmeras em Maricá.  O presidente da associação Viver Bem é Felipe Almeida que diz que o objetivo da organização não governamental é informar e proteger lutando para que possamos Viver Bem com mais dignidade e harmonia.  Atualmente, a sala de monitoramento do Batalhão de Niterói já acompanha cerca de 50 grupos em aplicativos para celulares (WhatsApp e Telegram) mantém a PM em contato direto com milhares de pessoas de diferentes setores da sociedade. O presidente da Associação Viver Bem, Felipe Almeida, disse que a sociedade precisa fazer a sua parte e lutar ao lado das autoridades da segurança. “Eu gostaria muito de ter  mais imagens de Maricá. Pretendo estender o projeto para regiões como, por exemplo, Inoã, Itaipuaçu, Centro. Esses são alguns bairros que precisam de maior atenção de todos. Pra isso, precisamos de apoio e principalmente, de recursos”. O ViverBem é uma associação de direito privado sem fins lucrativos organizada nos termos das leis civis do país. Todos os projetos são realizados com recursos próprios, não recebendo nenhum tipo ajuda pública e nem incentivos fiscais. Atua como canal de informação digital através das redes sociais (Facebook e Youtube), onde são postadas informações e vídeos de utilidade pública. O Centro de Monitoramento é composto por equipamentos de ultima geração conectados as câmeras instaladas ao longo de mais de 100 (cem) quilômetros de fibra óptica distribuídos por diversos bairros de Niterói. [gallery columns="2" ids="159427,159428,159429,159430"]
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp