19/06/2018 às 01h03min - Atualizada em 19/06/2018 às 08h46min

Vereadores de Maricá querem abrir uma CPI contra a Enel Distribuição Rio


Os vereadores de Maricá pediram, mais uma vez, a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para investigar o serviço prestado pela Enel, durante sessão ordinária ocorrida nesta segunda-feira (18) no plenário da Câmara de Maricá. O vereador Marcinho da Construção (DEM) informou que entrou com Projeto de Lei proibindo a instalação de dispositivos de energia elétrica equipados com chips eletrônicos. O projeto também prevê que a empresa fornecedora de energia elétrica retire os equipamentos já em funcionamento com chip no município.

“Dei entrada hoje em um PL sobre a Enel. Tenho recebido diversas reclamações com relação aos chips instalados nas casas. Eles tiraram o direito de comprovação daquilo que foi gasto. Eles começaram a fazer cobrança por estimativa. Não há registro exato do que foi gasto. Recebi gente no meu gabinete que ficou dois meses fora de casa e a luz veio no mesmo valor, em R$ 400. O MP já entrou com ação contra a Enel e algumas casas de leis já entraram com esse projeto”.

O vereador Rony Peterson  (PR) reclamou dos altos valores cobrados nas contas de luz.  “Ouvi meu amigo Marcinho a respeito da Enel e relembro nessa tribuna que entramos com uma representação no MP por conta do desserviço e da forma unilateral de cobrança. Hoje você paga R$ 500 e amanhã paga R$ 800”.

Chiquinho (PP) afirmou que é preciso investir rapidamente na criação de uma CPI. “Temos que nos unir para entrar com CPI o mais rápido possível”.

O vereador Filippe Poubel (PSL) também salientou a necessidade de criação da CPI. Ele explicou que a concessionária deve criar pólos de atendimento em todos os distritos. “Ano passado dei entrada na CPI contra essa empresa que presta esse desserviço. Com a mudança da Ampla pra Enel, teve um aumento exorbitante, sem contar com a queda de energia. A cidade inteira sofrendo por causa dessa empresa. Sem contar a distância que a pessoa tem que percorrer para resolver aqui no Centro. Quando chega aqui não tem sistema. Tem que colocar pólos nos distritos também”.

O líder do Governo, Fabrício Bittencourt (PTB) também é a favor da criação da CPI. “Como Casa Legislativa temos que dar prosseguimento na CPI para investigar essa empresa”.

Obras -  O vereador Ricardinho Netuno (Patriotas) elogiou a corrida realizada neste domingo (17) e sugeriu a construção de uma pista olímpica de 400 metros. “Participei do evento realizado pela UFF, uma corrida de 9 km. Foi um evento muito bem estruturado. Mas, pude observar algumas questões que podem melhorar. A Rua 36, em Itaipuaçu, ficou muito boa, mas faltou a secretaria de Conservação realizar uns serviços. Além disso, ouvi algumas pessoas e elas me pediram a construção de uma pista olímpica. É importante investir nisso porque o esporte consegue transformar a vida das pessoas”. 

O vice-presidente, Frank Costa (Solidariedade) agradeceu pelas obras de asfaltamento no Manu Manuela, em São José de Imbassaí. “Estive neste sábado no Manu Manuela, em São José, e quero agradecer ao prefeito e ao secretário de Obras. Entendo que até o final do ano, todas as ruas estarão asfaltadas”.

O vereador Chiquinho (PP) pediu a construção de pontes na Rua 128, em Itaipuaçu.  Em resposta, o presidente da Câmara, Aldair de Linda (PT), informou que está sendo realizado estudo para viabilizar a construção de pontes em locais estratégicos. “Nós temos o projeto de algumas pontes sobre o canal, só que recebi muitas mensagens porque todas os moradores das quadras querem pontes na frente. Estamos fazendo estudo para que possamos dividir as quadras para atender com satisfação os moradores de Itaipuaçu”.  

Saúde e Esporte – O vereador Dr. Richard (PT) parabenizou a Coordenação de Odontologia que irá concorrer a um prêmio em Belém. “Eles definiram o tema Saúde Bucal Indígena e vão representar nossa Secretaria de Saúde em Belém”.

Marcus Bambam (PV) parabenizou a Secretaria de Esporte por todos os eventos esportivos que estão ocorrendo na cidade e pediu atenção aos esportistas que são portadores deficiência física.  “Quero parabenizar a Secretaria de Esporte pelos eventos esportivos que todo final de semana. Mas, quero pedir competições também para pessoas com deficiência. O secretário vem fazendo um belo trabalho, mas peço esportes para deficientes físicos”.

[gallery columns="2" ids="161555,161556,161557,161558,161559,161560,161561,161562,161563,161564,161565,161566,161567"]
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp