publicidade 1200x90
09/07/2018 às 20h31min - Atualizada em 10/07/2018 às 11h39min

Morre vigilante baleado com tiro na cabeça durante assalto a farmácia no Centro de Maricá


[gallery columns="1" size="full" ids="163564"] O vigilante Paulo Roberto Nunes Rezende, de 46 anos, que havia sido baleado por criminosos durante assalto em uma farmácia no Centro de Maricá, faleceu na noite desta segunda-feira, 9, no Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo. O homem foi baleado com um tiro na cabeça após assalto ao cofre de uma drogaria na madrugada do dia 29 de Abril. De acordo com levantamento feito pelo site LSM, Paulo Roberto era vigilante de uma empresa de monitoramento e foi até a Drogaria Preço Popular, sozinho, após o alarme do estabelecimento comercial ter disparado. Ao chegar no local, acabou sendo alvejado pelos criminosos com um tiro, que atingiu a sua testa. A vítima foi socorrida pelos Bombeiros e encaminhada já em estado grave para o Hospital Municipal Conde Modesto Leal, no Centro de Maricá. Horas depois, foi transferido para o Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, onde ficou internado. Durante esses três meses, Paulo Roberto apresentava melhoras em seu quadro de saúde, porém na noite desta segunda-feira, sofreu uma parada cardiorrespiratória e faleceu na Unidade Hospitalar. O sepultamento acontece nesta terça-feira, 10, às 16h30 no Cemitério de Maricá. O vigilante era morador do Recanto de Itaipuaçu e deixou dois filhos. REPORTAGEM RELACIONADA https://leisecamarica.com.br/vigilante-e-baleado-com-tiro-na-cabeca-durante-assalto-a-farmacia-no-centro-de-marica/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp