21/08/2018 às 13h43min - Atualizada em 22/08/2018 às 19h39min

Acusado de executar Policial Militar, morador de São José do Imbassaí, é preso na Favela da Linha


[gallery columns="1" size="full" ids="168297"] Um homem acusado de matar o PM Patrick Batista Lopes, no início de 2018, foi preso com uma pistola na manhã desta terça-feira (21), por Policiais Militares do 7º Batalhão (São Gonçalo), na Favela da Linha, no bairro Rio do Ouro, em São Gonçalo.. Contra Davi Alves de Aquino Justino, de 19 anos, vulgo 'Davizinho', havia um mandado de prisão pelo homicídio do policial militar Patrick Batista Lopes, de 27 anos. O militar foi assassinado com pelo menos 11 tiros, em 19 de janeiro deste ano. Houve troca de tiros durante a ação dos militares na comunidade e três criminosos conseguiram fugir. A operação foi comandada pelo Comandante do 7º BPM (São Gonçalo), Coronel André Henrique.  O caso está sendo registrado na 75ª DP (Rio do Ouro). Sequestrado e executado Patrick teria sido sequestrado e levado para o interior da Favela da Linha, e executado por traficantes da comunidade, na localidade conhecida como Buraco Quente. Ele foi encontrado morto no banco de trás de um Agile preto por agentes do BPRV, que realizavam patrulhamento às margens da Rodovia RJ-106, na altura de Várzea das Moças, divisa entre São Gonçalo e Niterói. Patrick foi o sétimo policial militar assassinado em 2018. [gallery ids="168300,168301,168302"] [video width="640" height="352" mp4="https://leisecamarica.com.br/wp-content/uploads/2018/08/WhatsApp-Video-2018-08-21-at-14.02.25.mp4"][/video] REPORTAGENS RELACIONADAS https://leisecamarica.com.br/policial-militar-morador-de-sao-jose-e-assassinado-na-favela-da-linha/ https://leisecamarica.com.br/em-marica-amigos-e-familiares-se-despedem-do-policial-militar-patrick-lopes/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp