23/08/2018 às 18h03min - Atualizada em 23/08/2018 às 18h03min

Maricá estuda implantação de aplicativo de táxi com pagamento pelo cartão Mumbuca


O secretário de Economia Solidária, Diego Zeidan, visitou nesta quarta-feira (22/08), no Rio, a sede do IplanRio, empresa municipal responsável pela administração dos recursos de Tecnologia de Informação e Comunicação da cidade do Rio de Janeiro. O objetivo da visita foi o de conhecer a plataforma digital utilizada para o serviço de táxi no município. O aplicativo permite ao usuário a escolha de uma corrida com menor preço e ao taxista optar por oferecer a tarifa mais competitiva. Um modelo que, a julgar pelos números apresentados, está funcionando bem. Segundo o coordenador de projetos do Iplan, Lauro Silvestre, em 288 dias de operação na capital fluminense o aplicativo registrou 2,34 milhões de corridas com 21 mil taxistas cadastrados. “É um número que superou todas as expectativas”, avalia. Para o secretário Diego Zeidan, o sistema, caso eventualmente venha a ser implantado em Maricá, pode ser uma boa opção de fomento à economia local pelo crescimento no uso dos táxis que as tarifas diferenciadas permitem. “Nossa intenção é criar um aplicativo que utilize a moeda Mumbuca como forma de pagamento”, acrescentou. O sistema também poderia ser organizado para a utilização pela frota de mototaxistas da cidade. O secretário afirmou ainda que a instalação do aplicativo vai depender de conversas entre as duas prefeituras, o que ainda não tem data para acontecer.  De qualquer forma, para os taxistas que rodam no município a novidade a princípio interessou. “No ano passado éramos 490 taxistas, mas nem todos rodam. A ideia é transformar a cidade em referência no uso do aplicativo na região”, destacou Wanderson Rodrigues, representante da categoria, afirmando que pretende apresentar a plataforma com o secretário Diego Zeidan.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp