19/09/2018 às 18h22min - Atualizada em 19/09/2018 às 18h24min

Violência no ‘Minha Casa, Minha Vida’ de Inoã preocupa Vereadores de Maricá


A sessão desta quarta-feira (19/09) foi marcada pelas manifestações de diversos vereadores acerca do caso ocorrido na noite da última segunda-feira no condomínio ‘Minha Casa, Minha Vida’ (MCMV) de Inoã, quando um intenso tiroteio entre policiais e traficantes aterrorizou os moradores da localidade.

O presidente da casa, Aldair de Linda (PT), estava estudando a viabilidade legal de uma indicação legislativa solicitando a instalação dos módulos de segurança na entrada de ambos os condomínios. No entanto, estão previstas pela Prefeitura essas instalações para o início do próximo ano e que o prefeito Fabiano Horta estuda a viabilidade de instalar ainda em 2018, logo após o processo eleitoral, informou Fabrício Bittencourt (PTB).

O vereador Tatai (PTB) lamentou o caso da noite de segunda e disse que a população ficou em pânico. “Fui ao local na terça pela manhã e o ‘Minha Casa, Minha Vida’ parecia um deserto. Todos estavam assustados. Fiquei estarrecido com o que eu vi. O panorama era assustador. Escutei relatos de senhoras que tiveram que se jogar no chão, se machucaram e estão com medo até agora”, relatou. “Faço um pedido ao secretário de Segurança Pública, Ordem Pública e Trânsito, Celso Netto, para que dê uma atenção especial para o MCMV, tendo em vista que as pessoas lá estão sendo maltratadas pela criminalidade”, solicitou o parlamentar.

Marcinho da Construção (DEM) foi outro que seguiu a linha do colega. “Precisamos que seja colocado o mais rápido possível um módulo de segurança e uma do Proeis o dia inteiro, patrulhando tanto o de Inoã, quanto o de Itaipuaçu. Não podemos perder aqueles locais para o tráfico de drogas. Sabemos que se houver a ausência do poder público, cada vez mais a criminalidade vai tomar conta”. Marcinho aproveitou para cobrar investigações acerca do caso pela Polícia Civil.

Chiquinho (PP) lamentou o momento que a cidade vive. “Não aceito o que está acontecendo no MCMV de Inoã. A que ponto chegamos! As pessoas colocando barricadas para a polícia não entrar, mãe de traficante dando pedrada na viatura da polícia; isso é uma pouca vergonha!”, comentou, indignado. “Precisamos nos unir cada vez mais para ajudar nossos policiais. Temos que incentivá-los para que trabalhem com mais vontade cada dia mais”, completou, ao parabenizar a ação policial.

Ricardinho Netuno (PATRIOTAS) intensificou o pedido à Prefeitura de Maricá para que atue em parceria com a Polícia Civil através de um convênio, dando maior suporte a ela nas investigações e resoluções de crimes na cidade.

[gallery columns="2" size="medium" ids="171345,171330,171346,171356"] RELEMBRANDO Em uma operação da Polícia Militar, mãe e filho acabaram sendo presos na última segunda-feira no 'Minha Casa, Minha Vida' de Inoã. Alguns moradores - ligados a traficantes - protestaram colocando fogo em pedaços de madeiras nas ruas do conjunto habitacional. Bombeiros do Destacamento de Maricá e Policiais Militares da 6ª Companhia estiveram no condomínio e retiraram as barricadas. Uma viatura da Polícia Militar chegou a ser hostilizada em um vídeo divulgado nas redes sociais. A Polícia Militar reforçou a segurança na Região. REPORTAGENS RELACIONADAS https://leisecamarica.com.br/dois-presos-em-noite-de-panico-no-minha-casa-minha-vida-de-inoa-video/ https://leisecamarica.com.br/moradores-hostilizam-pms-apos-operacao-no-minha-casa-minha-vida-de-inoa/ https://leisecamarica.com.br/pm-e-bombeiros-retiram-barricadas-do-trafico-no-minha-casa-minha-vida-de-inoa-veja-imagens/ https://leisecamarica.com.br/policia-militar-reforca-seguranca-no-minha-casa-minha-vida-de-inoa/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp