30/10/2018 às 22h01min - Atualizada em 30/10/2018 às 22h04min

Vereador de Maricá faz registro de ocorrência contra administrador de página do facebook


[gallery columns="1" size="full" ids="175982"] Por Mauro Luís- O vereador Marcus Bambam (PV) fez um registro de ocorrência na 82ª DP (Maricá) contra um homem pelo crime de difamação na noite desta terça-feira, 30. Registro foi feito após o administrador de uma página do facebook associar a foto do Vereador a um áudio comprometedor envolvendo assuntos políticos da cidade de Maricá.  De acordo com levantamento feito pelo LSM, um áudio estava sendo compartilhado por grupos de WhatsApp onde um suposto integrante do governo de Maricá – que não foi identificado até o momento – falava sobre a necessidade de demitir as pessoas que votaram contra um candidato à Presidência que era apoiado pela Prefeitura. Por volta das 14 horas, um vídeo foi postado em uma página no Facebook onde aparecia a foto do vereador Marcus Bambam com apenas uma tarja preta sobre os seus olhos e com o áudio sendo reproduzido ao mesmo tempo. O que dava a entender que a voz do áudio seria a do parlamentar. Marcus Bambam tomou ciência do vídeo e foi até a Delegacia de Maricá (82ª DP), onde prestou queixa-crime contra o autor da publicação, Hudson de Oliveira Kopke. De acordo com o vereador, ele integra a base do governo e afirma que o áudio não tem qualquer possibilidade de ser de sua autoria. De acordo com a Polícia, Hudson Kopke se utilizou de uma página do Facebook denominada “Gordinho Opressor” para propagar o conteúdo. Por esse motivo, ele foi representado pelo crime de difamação. Até o fechamento dessa matéria, Hudson de Oliveira não havia se pronunciado sobre o caso. FAKE NEWS Recentemente, Romário Barros do LSM foi alvo de uma fake news de um blog amador da cidade, que se diz jornal. Com um documento assinado pelo Promotor Sérgio Luís Lopes do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado, o GAECO, do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), o jornalista comprovou que a notícia veiculada era uma 'fake news' (Ministério Público afirma que Romário Barros não tem envolvimento com milícia em Maricá).  REPORTAGEM RELACIONADA https://leisecamarica.com.br/vereador-de-marica-vira-mais-um-alvo-de-fake-news/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp