publicidade 1200x90
07/01/2019 às 21h10min - Atualizada em 05/01/2021 às 17h37min

Beneficiários reclamam de atraso no pagamento do Bolsa Mumbuca


Por Romário Barr0s- Nos últimos dias uma enxurrada de mensagens chegou no WhatApp LSM. Em pelo menos 50 mensagens, os beneficiários do bolsa mumbuca reclamaram do atraso do pagamento do programa social concedido pela Prefeitura de Maricá.  "- Bom dia. Hoje já é dia 7 e até agora nada do Mumbuca entrar", dizia uma das mensagens.  "- Bom dia gostaria de saber se vocês sabem porque o cartão mumbuca não virou até agora? Famílias precisando usar inclusive eu preciso com urgência usa pro meu filho na farmácia", informava outra internauta. "- Hoje era pra ter entrado limite no Moeda Mumbuca e até agora nada. Um monte de gente revoltado em Maricá", falou outra internauta. NOTA DA PREFEITURA O LSM entrou em contato com a Prefeitura. A coordenação de Comunicação informou que, por questões relativas à virada de ano, o empenho relativo aos créditos do Cartão Mumbuca ainda não foi liberado. A Prefeitura disse ainda que trabalha para realizar os depósitos no menor prazo possível. MOEDA SOCIAL MUMBUCA Em 2014, ainda no Governo Washington Quaquá, foi criado um modelo de moeda social chamado mumbuca. Segundo a prefeitura, foi primeiro do país com uso de cartão de débito e complementação de renda para famílias carentes. As famílias são selecionadas de acordo com critérios sócio econômicos. Para combater a pobreza no município, a prefeitura de Maricá criou a bolsa mumbuca. Por mês, cada família previamente cadastrada no programa será beneficiada com um depósito automático de 130 mumbucas, que equivalem a R$ 130, nos cartões do programa, que só poderão ser usados em estabelecimentos locais que aderirem formalmente à iniciativa.O objetivo é  erradicar a pobreza. O banco opera por meio da plataforma e-dinheiro para efetuar serviços como verificar saldo/extrato, pagamento de contas, compras nos estabelecimentos credenciados, transferência e pagamentos diversos, assim como a dos benefícios sociais pagos com a Moeda Social Mumbuca. Além do aplicativo, a movimentação também pode ser feita por meio de cartão de débito. O programa conta com atualmente centenas de estabelecimentos credenciados, dentre farmácias, mercados, mercearias, armarinhos e lojas em geral. Atualmente, em torno de R$ 1,7 milhão são injetados mensalmente na economia local. Porém, cálculos do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea), indicam que o impacto na economia da cidade chegue a R$ 3 milhões por mês. O município conta com 7.600 contas abertas, além das 10 mil, que são vinculadas aos beneficiários dos programas sociais.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp