25/01/2019 às 17h54min - Atualizada em 25/01/2019 às 17h54min

Enel diz que não há qualquer irregularidade no processo de medição e faturamento da Companhia


A Enel Distribuição Rio divulgou uma nota na tarde desta sexta-feira, 25, dizendo que não há qualquer irregularidade no processo de medição e faturamento da companhia. Na nota, a empresa acrescenta que, com as altas temperaturas do Verão, há aumento no consumo de energia, devido ao uso mais frequente da geladeira, de aparelhos de ar condicionado e ventilador, por exemplo. A distribuidora esclareceu ainda que não houve alteração de tarifa no mês de janeiro/19. A Enel orienta os consumidores a verificarem seu consumo de energia em kWh, comparando o valor consumido atualmente com o do mesmo mês do ano passado. Mesmo com o consumo parecido nos verões de 2018 e 2019, os clientes verificarão um aumento no valor das contas deste ano, devido ao reajuste tarifário anual que ocorreu em 15 de março de 2018. Além disso, a distribuidora ressalta que quando o consumo de energia ultrapassa 300 kWh, o ICMS que incide sobre a conta passa de 18% para 32%. "- Em uma conta de luz no valor de R$ 100, apenas R$ 22,7 são destinados às atividades da distribuidora, para operação, expansão, manutenção da rede de energia elétrica e para remuneração dos investimentos. Cerca de R$ 31,20 são destinados ao pagamento de impostos e R$ 12,6 são encargos setoriais. Além disso, R$ 26,5 são direcionados a custos de energia e R$ 6,9 à transmissão", diz um trecho da nota. A distribuidora ressalta ainda que os valores do Sistema de Bandeiras Tarifárias e a definição da bandeira de cada mês são fixadas pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). A Enel diz que medidas simples podem auxiliar o cliente a adequar o valor da conta de luz ao orçamento familiar. A troca de lâmpadas incandescentes de 100W por modelos LED de 14W, por exemplo, representa uma economia de, aproximadamente, 16 kWh/mês para cada ponto de luz. Ajustar a temperatura correta do ar nos dias de calor mais forte (para uma temperatura agradável de 23º) também pode garantir redução no consumo, com até 5% de economia por aparelho. Manter a manutenção adequada destes aparelhos também evita consumo excessivo no verão. Tirar da tomada equipamentos que utilizam o modo stand-by é outra medida que ajuda o consumidor a utilizar energia de forma consciente. Fornecimento A Enel Distribuição Rio informou ainda que uma falha na Subestação de Inoã que atende parte do município de Maricá provocou a interrupção do fornecimento de energia em alguns bairros no domingo (20). A distribuidora esclarece que realizou manobras na rede elétrica para minimizar os impactos aos clientes. O serviço foi restabelecido gradativamente em 54 min. Na tarde de ontem (24), segundo a Enel, uma ocorrência no sistema elétrico da distribuidora afetou parte do município de Maricá que causou uma falta de 8 min no fornecimento para região, incluindo a localidade de Itaipuaçu. Investimento A Enel Distribuição Rio investiu R$ 127 milhões na rede elétrica de Niterói, Maricá e São Gonçalo em 2018. Os investimentos são parte do plano de qualidade da companhia para a região e o valor foi destinado, principalmente, à melhoria da qualidade do serviço e das conexões, com ampliação e digitalização da rede elétrica. Para os próximos anos a Enel Distribuição Rio continuará com investimento na melhora da qualidade dos serviços em Maricá. Entre os investimentos, destacam-se modernização e ampliação da subestação de Maricá com mais uma saída de rede, a fim de comportar o aumento de carga na região, além de projetos de digitalização da rede com instalação de equipamentos telecomandados para maior confiabilidade e restabelecimento rápido do fornecimento de energia.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp