22/05/2019 às 20h17min - Atualizada em 22/05/2019 às 20h17min

No Dia Internacional da Biodiversidade, alunos de Niterói realizam plantio em Maricá

Nesta quarta-feira (22/05), em que se celebra o Dia Internacional da Biodiversidade, a Secretaria de Cidade Sustentável recebeu 60 alunos da Atuação Escola Bilíngue, que fica no Fonseca, em Niterói, para uma ação de recuperação ambiental nas margens da Cachoeira do Espraiado.

A iniciativa, com o objetivo de conscientizar os estudantes acerca da importância da preservação do meio ambiente, partiu do próprio colégio, que entrou em contato com o Núcleo de Educação da sede da Unidade de Conservação do Espraiado. 

“Toda semana eles têm pelo menos um tempo de aula dedicado à abordagem de questões relacionadas ao meio ambiente. Como moro em Maricá e já conhecia o trabalho da Prefeitura, principalmente neste ponto de conservação no Espraiado, entrei em contato para trazer as crianças, de forma que eles pudessem participar de uma ação de reflorestamento”, explicou a bióloga Fernanda Vasconcelos, que ministra a disciplina de educação ambiental em Niterói.

Ao todo, 240 alunos de 07 a 10 anos, do 2° ao 5° ano, irão participar da iniciativa, divididos em quatro grupos de 60. 

“Desde que inauguramos a sede da Unidade de Conservação do Espraiado, estamos procurando trazer cada vez mais atrativos para a população. É muito gratificante ver que estamos atraindo crianças de outros municípios, com Maricá se tornando uma referência”, ressaltou o subsecretário da Cidade Sustentável, Guilherme Mota.

De acordo com Guilherme, a área utilizada pelas crianças era um local desgastado e deteriorado pelo uso indevido para práticas religiosas. 

“Conseguimos estabelecer uma parceria com o proprietário, que nos permitiu realizar esta atividade de plantio para recuperação da área verde. Este foi só um primeiro ato, a partir de agora, estamos comprometidos com a manutenção desta área”, afirmou.

Para a aluna Maria Eduarda Bueno (10 anos), que nunca havia vivido uma experiência tão próxima da natureza, o que ficou foi a vontade de repetir. “Achei maravilhoso, queria morar aqui, pena que não posso”, afirmou.

Satisfeita com o plantio, a aluna Laís Brasil Henrique Peixoto (10 anos), lembrou de um passeio realizado para o Parque da Catacumba, que é uma reserva ecológica de frente para a Lagoa Rodrigo de Freitas (Rio de Janeiro).

“Neste outro passeio da escola também teve trilha, mas nós não plantamos nenhuma árvore. Esta parte aqui foi bem legal”, contou Laís.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp