28/05/2019 às 17h48min - Atualizada em 28/05/2019 às 17h48min

Bolsa Mumbuca será ampliado em Maricá

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Economia Solidaria, anunciou neste sábado (25/05), em cerimonia realizada no Cineteatro Henfil, no Centro, a ampliação do seu programa “Renda Básica e Cidadania”.

A ação oferece apoio econômico as famílias de Maricá com renda de até três salários mínimos. De acordo com o secretário Diego Zeidan, com a ampliação cada membro da família beneficiada passará a receber uma ajuda 130 Mumbucas (R$ 130).

“Hoje Maricá é o único município do Brasil que segue a lei de autoria do senador Suplicy, que implantou um programa de renda básica na prática”, afirmou Diego Zeidan. “Como todos sabem Maricá possui a Moeda Mumbuca, que utiliza o cartão Mumbuca como ferramenta de pagamento e que atualmente atende a 14 mil famílias do município”, destacou. 

“Atualmente temos duas modalidades de programa, o “Renda Básica e Cidadania” e o “Renda Mínima Mumbuca”, com essa ampliação passaremos ter somente a modalidade “Renda Básica e Cidadania que irá absorver a outra modalidade”, detalhou Diego.

“Maricá com suas políticas sociais e seus programas de Renda Básica tem todas as condições para ser um exemplo para o estado, para o Brasil e para o mundo. Sempre que venho ao município fico animado com as iniciativas da gestão municipal que entende a necessidade de levar dignidade para a sua população”, disse o vereador de São Paulo, Eduardo Suplicy, presente à cerimônia.

“Sugiro que a prefeitura faça uma pesquisa para saber dentro do município se o fato das pessoas estarem dentro de um programa de renda básica fez com que elas parassem de trabalhar. Em meus estudos identifiquei justamente o contrario. Pessoas que não trabalhavam passaram a trabalhar a partir do momento que tiveram condições mínimas de sobrevivência”, sugeriu Suplicy.

“É importante que a população de Maricá conheça o Banco Mumbuca, abra a sua conta e utilize a moeda local, pois isso ajuda a movimentar a economia de Maricá”, afirmou a deputada estadual Rosângela Zeidan. “Os críticos ao programa Renda Básica e Cidadania pensam assim porque desconhecem o quanto esse programa é importante para a dignidade da população mais carente de recursos do nosso município”, avaliou a deputada.

“Precisamos ter em mente que a distribuição de renda de forma direta ou de forma indireta que a prefeitura de Maricá tem feito é muito importante inclusive do ponto de vista da inteligência econômica dentro do capitalismo, onde temos uma sociedade, mesmo que de forma mínima, pode fazer uso do consumo e com isso ajudar a girar a roda da economia local”, concluiu o vice-prefeito Marcos Ribeiro.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp