30/05/2019 às 14h10min - Atualizada em 30/05/2019 às 14h26min

Polícia Civil prende réu confesso de homicídio em Itaipuaçu

Agentes da Delegacia de Maricá, 82a DP, prenderam um homem que confessou ter matado um homem a facadas em abril de 2018 no bairro de Itaipuaçu. Prisão aconteceu na manhã desta quinta-feira, 30, no bairro de Santa Paula.

De acordo com a Delegada Carla Tavares, titular da 82a DP, o preso é o responsável pela morte de um homem que foi esfaqueado na ponte quebrada do Recanto, em Itaipuaçu, em abril de 2018.

Após realizarem as investigações, os agentes seguiram ao esconderijo do acusado, que ficava na Estrada de Cassarotiba, em Santa Paula, e efetuaram a prisão. Contra Bruno César de Farias Silva , havia um mandado de prisão por homicídio qualificado expedido pela justiça.

O acusado confessou o crime e alegou que teria esfaqueado a vítima para defender o filho de seis anos que estava sendo ameaçado.

Ele já havia sido preso em maio de 2018, teve a liberdade concedida pela justiça, e agora retorna para a prisão novamente.

RELEMBRE O CASO
Uma discussão entre dois homens terminou em morte na manhã do dia 29 de Abril, na Rua Oito, na Comunidade do Mato Dentro, no bairro de Itaipuaçu. O crime aconteceu por volta de 6 horas da manhã. De acordo com a Polícia, Adilson da Silva Campos, de 58 anos, estava em casa com sua esposa e os enteados, quando Bruno Cesar Farias da Silva, o pai das crianças, apareceu no portão querendo ver os filhos. A mulher foi até o portão para conversar com ex-marido e logo depois Adilson teve que sair para trabalhar e acabou encontrando Bruno.

Segundo a Polícia, os dois começaram a discutir sobre o assunto da educação dos filhos e acabaram entrando em luta corporal. Durante a briga, Bruno pegou uma faca do bolso e desferiu golpes contra Adilson. Um vizinho ouviu os gritos e encontrou o homem ferido no chão e acionou o socorro médico e a Polícia Militar. Bruno fugiu do local. Bombeiros do Destacamento de Itaipu foram deslocados para o local, porém nada puderam fazer, Adilson veio a óbito no local, em decorrência dos ferimentos.

Policiais Militares do DPO de Itaipuaçu também estiveram no local e acionaram a perícia. Agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo (DHNSG) periciaram toda a área do crime. Após os procedimentos periciais, o corpo foi recolhido pelo Rabecão da Defesa Civil e levado para o Instituto Médico Legal (IML) do Barreto, em Niterói.

De acordo com a Polícia Civil, Bruno já tem passagens pelo crime de agressão. Ele foi preso em 2017 após quase decepar a orelha da ex-companheira.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp