07/06/2019 às 12h26min - Atualizada em 09/06/2019 às 12h29min

Homem que estava desaparecido é encontrado morto na Região Central de Maricá

Por Romário Barros- Adriano de Souza Lima, de 20 anos, que estava desaparecido há dez dias, foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira, 7, no bairro do Boqueirão, na Região Central de Maricá.

O homem havia desaparecido no dia 28 de maio e desde então, a família fazia buscas pela região. Segundo relatos, os familiares chegaram a ser informados de que o homem havia sido assassinado a tiros na Rua 64, no Boqueirão, porém ao irem no local, o corpo havia sumido.

Informações apontam ainda que no dia 28, por volta das 23 horas, moradores ouviram disparos de arma de fogo na Rua 64. A Polícia Militar foi acionada, porém, nenhum corpo foi encontrado. Tudo indica que após o homicídio, os traficantes sumiram com o corpo do homem.

Por volta de 10h30 da manhã desta sexta-feira, os familiares receberam informações de que o corpo de Adriano havia sido encontrado em um matagal na Rua 73, a cerca de 500 metros da Escola Municipal Maurício Antunes, no Saco das Flores, no Boqueirão.

Policiais Militares do Patrulhamento Tático Móvel (PATAMO) e do Setor Lima, ambos 6ª Companhia de Maricá, foram até local, localizaram o corpo e acionaram a Divisão de Homicídios.

Agentes da Divisão de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG) estiveram no local. Após os procedimentos periciais, o corpo será encaminhado pelo Rabecão da Defesa Civil Estadual para o Instituto Médico Legal (IML) do Barreto, em Niterói.

O homem tinha passagem por tráfico de drogas e acabou sendo preso. Ele havia sido libertado pela justiça recentemente. Conhecido no crime pelo vulgo de “Adrianinho”, ele foi preso em julho de 2017 (Polícia Militar prende traficante na Mumbuca; Assista ao vídeo) e estava solto desde março deste ano.

Ainda segundo informações, a ex-namorada de Adrianinho tem envolvimento com o tráfico de drogas da região onde ele foi morto. O local é comandado por uma facção rival à dele. Ele teria ido até o local em busca da mulher, mas acabou sendo morto.

A especializada irá investigar o crime.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp