publicidade 1200x90
17/04/2016 às 09h00min - Atualizada em 18/04/2016 às 08h46min

Divisão de Homicídios investiga morte de mulher no Hospital de Maricá

b49c44fc-2e84-433d-90d9-0f83023974f1-1

b49c44fc-2e84-433d-90d9-0f83023974f1-1

Por Cláudio Costa- Agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSG) estão investigando a morte de Luciana Frazão Andrezo, de 34 anos. Ela faleceu na manhã deste sábado, dia 16, após dar entrada no Hospital Municipal Conde Modesto Leal, no Centro da Cidade. Informações levantadas pelas equipes do LSM dão conta que o marido de Luciana, um Policial Militar, chegou a Unidade Hospitalar com a mulher ferida no banco do carona. Ela foi retirada do veículo por equipes da Unidade hospitalar e do SAMU e levada para a emergência. Ela não resistiu e veio à falecer em razão de um traumatismo craniencefálico (TCE). O Policial Militar contou no Hospital que seguia pela RJ-106 (Rodovia Amaral Peixoto) quando próximo a entrada para a Estrada de Ponta Negra um pedaço de ferro soltou de um caminhão e teria atingido o vidro do veículo indo parar em cima de Luciana. A direção da Unidade Hospitalar desconfiou da declaração do Policial Militar e decidiram ir até a Delegacia de Maricá e a Divisão de Homicídios assumiu as investigações do caso. Os agentes da delegacia especializada periciaram o veículo e não encontraram a barra de ferro que atingiu o vidro. Eles ainda levaram o Militar até o local do possível acidente e segundo os agentes, a barra de ferro não foi localizada. O Policial Militar do Batalhão de Ações com Cães (BAC) Marcelo Andrezo foi levado para a sede da DHNSG em Niterói, onde às 16 horas continuava a prestar depoimento sobre o caso. Por volta das 19h30, a perícia confirmou que a morte da mulher foi causada pelo acidente. O corpo da mulher foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) do Barreto, em Niterói.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp