25/02/2020 às 16h51min - Atualizada em 26/02/2020 às 08h50min

Secretaria de Ordem Pública em prontidão para garantir que bloco clandestino não aconteça em Ponta Negra

LSM - Agentes da Secretaria de Ordem Pública de Maricá (SEOP) e o próprio Secretário de segurança do município o Tenente-coronel Julio César Veras estão em prontidão nesta terça-feira, 25, em Ponta Negra para impedir que o Bloco da Farinha aconteça.

O Bloco da Farinha foi proibido de acontecer pela Justiça, por meio do Desembargador Celso Luiz Matos Peres, a pedido do Ministério Público do Estado.

Segundo a sentença, em suas edições anteriores, o bloco causou baderna, confusões generalizadas e tumultos incontroláveis no bairro, além de não cumprir com exigências previstas pela Secretaria de Turismo de Maricá como documento do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro, autorizando sua saída às ruas.

Após algumas mensagens em redes sociais afirmando que o bloco aconteceria de forma irregular, a Secretária de Ordem Pública, a Guarda Municipal de Maricá e Policiais Militares da 6ª Companhia estão de prontidão e até a conclusão da matéria, agentes da SEOP já tinham apreendido 10 kg de farinha.

Lembrando que há uma multa de R$50 mil em caso de descumprimento da decisão e os foliões que forem pegos com farinha ou causando qualquer tipo de tumulto serão detido imediatamente.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp