12/04/2020 às 14h57min - Atualizada em 13/04/2020 às 10h41min

Intervenção da Polícia Ambiental retira centenas de pessoas do Canal da Barra de Maricá

LSM - Uma intervenção de Policiais Militares da Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm) da Serra da Tiririca em conjunto com a Força-tarefa da Secretaria de Ordem Pública e Secretaria de Posturas de Maricá, removeu diversas pessoas que estavam fazendo aglomerações no Canal da Barra de Maricá, na manhã deste domingo, 12. A ação foi coordenada pelo Secretário de segurança, o Tenente-coronel Júlio César Veras.

Por meio de mega-fones, os pescadores e frequentadores foram orientados a se retirarem do local, como uma medida preventiva ao novo coronavírus mas também por se tratar de um crime ambiental pescar no canal. Não houve resistência e todos se retiraram do local.

A Polícia Ambiental permanece realizando fiscalizações pela área juntamente com a força-tarefa da SEOP. A ideia é fazer com que as pessoas se conscientizem sobre a importância do isolamento social.

Transferência da sede da Polícia Ambiental prejudicou fiscalizações

A mudança da sede da Polícia Ambiental pode ter prejudicado as fiscalizações e ações em Maricá. A unidade estava instalada no bairro desde o início de 2013 e tinha como área de atuação a área de preservação do Parque Estadual da Serra da Tiririca (na divisa de Maricá com Niterói), além do combate de crime ambientais nos dois municípios.

A sede foi modificada para São Gonçalo. Muitos pescadores aproveitaram a falta de fiscalização para pescar em áreas proibidas como o Canal da Barra de Maricá.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp