03/10/2020 às 20h29min - Atualizada em 05/10/2020 às 11h34min

Crianças brincam em estacas-pranchas na Orla de Itaipuaçu e gera polêmica na internet

LSM- Uma publicação gerou polêmica na tarde deste sábado, 3, após crianças serem flagradas brincando em cima das vigas de estacas-pranchas usadas para contenção da areia durante as ressacas na Praia de Itaipuaçu.

O caso aconteceu na tarde deste sábado na Avenida Beira-Mar, próximo à Avenida 1. De acordo com informações, cerca de cinco crianças que estavam na praia subiram nas vigas e ficaram dançando em cima das estacas.

A cena foi registrada por um morador, que tirou foto e publicou no grupo do bairro. Na descrição da postagem, o homem comentou sobre o acidente ocorrido em Belford Roxo, na última terça-feira, onde uma criança de 7 anos de idade morreu ao ser atingida por um poste e comparou com o atual cenário.

“Essa semana no Rio, uma criança morreu após brincar perto de um poste que a prefeitura deixou perto de um campo. O poste rolou e matou o menino. Hoje, em Itaipuaçu, as crianças brincam nas vigas de construção da orla. Várias crianças em cima, outra bem de baixo mesmo. Os pais estão ali perto, vendo tudo. E se rolar? Até que ponto a omissão dos políticos deve ser responsabilizada pelo descaso de alguns pais?”

A publicação gerou polêmica entre os internautas. Uns inocentavam a Prefeitura e criticavam os responsáveis pelas crianças. “Rapaz, neste caso, a responsabilidade é inteira dos pais. O munícipio nada tem a ver com isso.” Comentou uma internauta. “Não é só crianças não! Já vi várias vezes adolescentes lá em cima tirando fotos.” “Omissão dos pais isso sim!!!povo tudo aproveita p falar politica”. Diziam alguns comentários.

Outros acusavam a prefeitura pelos riscos expostos. “Além do perigo de machucar uma criança é a falta de respeito com o dinheiro público” - comentou um morador. “Sem falar que está tudo enferrujado, para pegar um tétano não custa muito. Quanta irresponsabilidade." Complementou um outro membro do grupo.

ESTACAS-PRANCHAS

As estacas-pranchas são cortinas de contenção formadas por perfis metálicos que serão cravados a profundidade de até 12 metros, onde a faixa de areia é pequena. Elas formam uma contenção impermeável e serão essenciais para proteger o calçadão e a pavimentação das movimentações da maré que podem ocasionar em grandes ressacas.

Muitas delas já foram colocadas na areia, em longo trecho que segue da Rua 128 – no Peixão, próximo a Restinga - até a Rua 14 – loteamento São Bento da Lagoa. Já outras, então empilhadas em terrenos à margens da Avenida Beira-Mar e serão usadas posteriormente na retomada das obras de urbanização e pavimentação da Orla de Itaipuaçu, que seguirá até o Recanto.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp