27/12/2020 às 15h55min - Atualizada em 28/12/2020 às 15h24min

Bambuí: SAMU atende idoso dormindo na rua e caso gera polêmica na internet

LSM - Socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) atenderam um idoso na tarde deste domingo, 27, que estava caído na Avenida C, em Bambuí, na Região Rural de Maricá. O idoso estava dormindo após ser proibido de entrar em casa.

O caso aconteceu por volta das 10h45, em frente ao Castelo de Bambuí - Shiachticas. De acordo com informações, os moradores passavam pelo local quando encontraram o idoso caindo às margens da via. Preocupados, os populares acionaram o socorro médico.

Uma equipe da SAMU de Maricá foi até o local. Durante atendimento, o idoso – identificado como Darcy Soares, de 69 anos – não apresentou nenhuma queixa de dor. Ele relatou ter dormido na rua – próximo a sua residência – após a esposa não permitir que entrasse em casa.

O idoso foi levado para Hospital Municipal Conde Modesto Leal, onde foi entregue para o acompanhamento da assistência social.

RECLAMAÇÃO DA DEMORA DO SOCORRO

Uma publicação no Facebook gerou polêmica entre os internautas por conta da dificuldade do acionamento do socorro e da demora na chegada da ambulância. De acordo com relatos contidos na publicação, o solicitante relatou não ter conseguido ligar para o Corpo de Bombeiros (193) e para o SAMU (192). Segundo ele, mesmo após o acionamento, o socorro demorou mais de 3 horas para chegar.

EXPLICAÇÃO DAS EQUIPES DE SOCORRO

SAMU: As ambulâncias do SAMU de Maricá são reguladas pela Central 192. Esta, fica localizada em Niterói, e é responsável pelo acionamento das ambulâncias de sete municípios da Região Metropolitana II. O solicitante do socorro ao ligar para o 192, relata o ocorrido ao médico e o mesmo avalia a ordem do acionamento, considerando a gravidade e prioridade dos pacientes. Essas ocorrências entram numa lista de atendimento e a ordem de deslocamento da ambulância é feita pela Central de Atendimento.

O SAMU de Maricá possui três ambulâncias: uma básica e uma avançada na Base de Maricá e uma ambulância básica na Base de Itaipuaçu, que atendem as ocorrências de todo o munícipio. Estas, fazem em média 25 atendimentos por dia, porém, nesse período de final de ano e férias, os números de ocorrências duplicam.

Ao serem questionados sobre a ocorrência, a equipe relatou que o acionamento da Central foi às 14h05 e que o paciente foi levado para Unidade Hospitalar sem nenhuma necessidade de remoção.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp