03/01/2021 às 05h57min - Atualizada em 05/01/2021 às 10h43min

São José: PM recupera veículo de Uber roubado deixado pelado em Itaipuaçu

Policiais Militares do DPO de São José recuperaram um veículo roubado na madrugada deste sábado, 2, durante uma perseguição na Rodovia Amaral Peixoto, em São José do Imbassaí.

O caso aconteceu por volta das 2h50 da manhã, próximo a passarela do Marine. De acordo com informações, os militares estavam baseados no km 22 da RJ-106 quando tiveram a atenção voltada para três homens que seguiam em um veículo Fiat Gran Siena, na qual a placa constava como roubado.

Os PMs deram a ordem, mas o condutor do veículo desobedeceu e tentou fugir. Uma perseguição foi iniciada. Durante a fuga, um criminoso que estava no banco detrás do veículo, disparou contra a viatura da PM e os militares revidaram e houve troca de tiros.

O trio conseguiu fugir, abandonando o veículo e correndo para uma região de mata fechada.

O Fiat foi localizado pelos PMs, no veículo foi encontrado dois frascos com resquício de lança-perfume, além de marcas de sangue – provavelmente um dos criminosos foi baleado.

O carro foi levado para a Delegacia de Maricá (82ª DP), onde foi periciado e devolvido ao dono.

O ROUBO DO VEÍCULO

De acordo com informações, por volta das 22 horas, o dono do veículo – que trabalha com motorista de aplicativo – pegou uma corrida na Rua 1, em Itaipuaçu. Ao chegar no local, dois homens entraram no veículo e pedido para que o levasse o Peixão.

Durante a viagem – já quase do destino final, próximo à entrada da Restinga de Maricá – um dos passageiros, que se tratava de um criminoso, sacou a arma e rendeu o motorista.

Com um revólver calibre .38 apontado em sua direção, o homem foi obrigado a dirigir até a praia da Aeronáutica, onde teve o telefone celular Moto G8, além de R$ 300 em espécie e o carro roubado pelos criminosos. O motorista foi abandonado nu no local.

Moradores que passavam pelo local, auxiliaram a vítima e o levaram para a Delegacia de Maricá (82ª DP), onde o caso foi registrado.

Nota da Uber

A Uber lamenta que cidadãos que desejam apenas trabalhar sejam vítimas da violência que permeia nossa sociedade. A empresa permanece à disposição para colaborar com as autoridades no curso da investigação, nos termos da lei.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp