publicidade 1200x90
25/01/2021 às 19h12min - Atualizada em 27/01/2021 às 09h29min

Maraey promete ter veículos elétricos, híbridos e sistema de bicicletas compartilhadas

Com a sustentabilidade como um dos principais pilares do projeto, o empreendimento turístico-residencial MARAEY, que começará a ser construído no primeiro semestre deste ano, em Maricá, na Costa do Sol fluminense, terá como uma das frentes prioritárias a mobilidade. O objetivo é que 55% da frota que circulará no complexo seja de veículos elétricos ou híbridos; para isso, contará com uma infraestrutura para a recarga dos veículos movidos por eletricidade em todo seu território.

"Num empreendimento da dimensão do nosso, com 840 hectares, a mobilidade é um ponto-chave para turistas e residentes, e todos os nossos esforços estarão voltados para modais de baixo impacto ambiental. Queremos nos tornar referência mundial nos cenários de turismo e moradia sustentáveis, e isso inclui um novo olhar para o transporte", diz o CEO de MARAEY, Emilio Izquierdo.

Para abastecer os veículos, MARAEY disponibilizará postos de recarga em vagas de estacionamento tanto de acesso público, em diversos pontos, quanto em todas as residências. A estimativa, quando o empreendimento estiver em plena operação, é que mais de 8 mil veículos híbridos e elétricos circulem pelo complexo.

Outro recurso sustentável de MARAEY envolvido no incentivo a veículos "limpos" será o uso de fontes renováveis de energia. Com baixíssimos níveis de emissão de gases poluentes, as fontes alternativas já previstas para o projeto, tais como solar, biogás, geotérmica e eólica, apoiarão também a recarga dos veículos movidos a eletricidade nas áreas comuns do empreendimento.

Ciclovia e bicicletas compartilhadas

Além de veículos motorizados elétricos, as bicicletas são outro transporte sustentável de destaque no projeto de MARAEY. Com 20 km de extensão, a ciclovia do complexo será a maior em empreendimentos privados no Brasil. Dessa forma, MARAEY se insere na tendência de grandes complexos oferecerem uma malha cicloviária que se integra aos municípios onde se instalam. No caso de Maricá, essa extensão implica uma expansão da malha cicloviária, chegando a 57,5 km. O sistema de compartilhamento de bicicletas também será mais um mecanismo de mobilidade sustentável do empreendimento.

Chancelas sustentáveis

O compromisso ecológico de MARAEY tem recebido reconhecimento internacional. O empreendimento foi o primeiro destino turístico de iniciativa privada do mundo a assinar com o selo BIOSPHERE na categoria de "Destino Turístico Sustentável", concedido pelo Responsible Tourism Institute (RTI), uma organização que nasceu com um memorando de entendimento com a UNESCO. Com a certificação, o projeto reforça o compromisso de se desenvolver alinhado aos 17 objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS) e às mais recentes diretrizes da Conferência do Clima de Paris.

MARAEY também é o primeiro complexo na categoria de uso misto a receber a pré-certificação Sustainable SITES Initiative na categoria GOLD em toda a América do Sul. Administrado pelo Green Business Certification Inc., o SITES é o mais reconhecido selo do mundo sobre desenvolvimento de comunidades sustentáveis e, entre os critérios avaliados pela chancela, MARAEY recebeu créditos pelo uso de fontes renováveis de energia, sistema de reaproveitamento de água, mobilidade sustentável, preservação da fauna e flora nativas, plano de manejo de material orgânico e criação da RPPN, entre outros.

Sobre MARAEY 

MARAEY será desenvolvido na Costa do Sol, em Maricá. Em seu braço turístico, o empreendimento contará com quatro hotéis cinco estrelas, que receberão uma média de 300 mil turistas por ano. O projeto, que terá a filosofia de uma Smart City, oferecerá ainda novas moradias de diferentes tipologias com serviços integrados como escola, hospital, universidade de hotelaria de padrão internacional, shopping e negócios, além de inúmeras atividades de lazer e esportivas. E com selos de reconhecimento mundial como BIOSPHERE e pré-certificação SITES GOLD, MARAEY está se consolidando uma referência de desenvolvimento sustentável, qualidade e desenho.

MARAEY terá a maior ciclovia em empreendimentos privados no Brasil, com 20km de extensão, e o objetivo é que 55% da frota que circulará no empreendimento seja de veículos elétricos ou híbridos. 

Com uma ocupação predial de apenas 6,6% do terreno, dentro dos 840 hectares do empreendimento será criada a segunda maior Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) de restinga do Estado do Rio. E as cerca de 200 famílias de pescadores que vivem na comunidade de Zacarias serão beneficiadas pela regularização fundiária, pela urbanização com o mesmo padrão do empreendimento e pelo incentivo à cultura e à pesca locais.

O investimento privado previsto é da ordem de R$ 11 bilhões, com arrecadação de impostos de R$ 7,2 bilhões durante os primeiros 14 anos (construção e consolidação de vendas) e mais R$ 1 bilhão anual na operação, com geração de 36 mil empregos, quando MARAEY estiver em pleno funcionamento.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp