publicidade 1200x90
26/01/2021 às 15h32min - Atualizada em 27/01/2021 às 09h26min

Prefeitura desmente ‘Fake News’ sobre morte do socorrista do SAMU após receber dose da Coronavac em Maricá

LSM- Após o boato de que um socorrista do SAMU de Maricá havia falecido ao recebeu uma dose da vacina contra o covid-19, a Prefeitura de Maricá emitiu uma nota desmentindo o boato e esclarecendo o ocorrido.  A informação equivocada circula nas redes sociais e tem causado medo aos moradores em relação a vacina.

De acordo com a Prefeitura, o agente que teve a sua imagem divulgada e sua causa de morte distorcida, é o condutor socorrista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Robson Marques Lima. Robson faleceu na noite do último domingo, 24, vítima de um Infarto Agudo do Miocárdio (IAM).

Robson era morador de Inoã, porém, pertencia a Base do SAMU de Niterói e São Gonçalo. De acordo com a Secretaria de Saúde, ele era um paciente que apresentava outras comorbidades como a como diabetes e hipertensão, e nenhum momento, foi relatada reação pós vacinal. O socorrista faleceu em casa e teve a morte atestada pelos próprios colegas de instituição, pelo médico do SAMU de Maricá.

MENSAGENS DE HOMENAGEM E CONFORTO

Após a notícia do falecimento do profissional, diversos amigos pessoais e colegas de trabalho se manifestaram pelas redes sociais. Várias mensagens em homenagem ao socorrista foram publicadas no Facebook.

“Meu coração chora de tristeza em perder você. Meu melhor condutor, meu amigo, meu eterno monstro. Vai com Deus.” Publicou uma amiga de Robson.  “Tive a oportunidade de ter trabalhado com ele, gente fina, super brincalhão. Descanse em paz”, comentou um internauta na publicação. “Uma grande perda. Que Deus o receba em seus braços e conforte todos”, havia em um outro comentário.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp