27/03/2021 às 22h41min - Atualizada em 29/03/2021 às 15h41min

Maricá realiza mais de 5 mil abordagens nas barreiras sanitárias apenas neste sábado

LSM - Este sábado, 27, foi marcado por mais um dia de barreiras sanitárias na cidade de Maricá. Um levantamento parcial revelou que mais de 5 mil condutores foram abordados pelas equipes da prefeitura nas sete barreiras montadas em Maricá.

Ao longo do dia, a equipe do LSM esteve percorrendo os bairros da cidade e averiguando o comportamento da população e a ação da prefeitura no cumprimento do decreto municipal. Durante as visitas nas barreiras foi percebido uma grande movimentação de veículos, em especial nas barreiras de Itaipuaçu (montadas na Serrinha Itaipuaçu - Itaipu e na Estrada dos Cajueiros) e de Inoã (na Avenida Gilberto Carvalho – Vivendas de Itaipuaçu) onde foram abordados mais de 3 mil veículos. Outra barreira que apresentou um número expressivo foi a de Ponta Negra, onde houve quase 500 abordagens.

Ainda de acordo com o levantamento feito pelo LSM, mais de 200 condutores visitantes foram impedidos de entrar na cidade por serem considerados turistas, pela ausência de comprovante de residência.

Por conta dos bloqueios colocados nos acessos às praias, lagoas e na cachoeira e somado a conscientização da população, poucas pessoas foram vistas nas orlas. Na Praia da Barra de Maricá e de Itaipuaçu houveram registros de fotos, onde não havia nenhum banhista.

Caso isolados aconteceram apenas no trecho da Praia da Restinga e em alguns pontos da Praia de Ponta Negra, porém os banhistas foram advertidos.

TRABALHO EM EQUIPE

De acordo com a prefeitura, mais de 100 homens estão empenhados diariamente para o cumprimento do decreto municipal durante esse ‘superferiado’.

Agentes da Secretaria de Trânsito, da Guarda Municipal, da Defesa Civil, além de Policiais Militares do Programa Estadual de Integração na Segurança (PROEIS) foram escalados para o trabalho.

A MEDIDA

As barreiras sanitárias e os bloqueios viários fazem parte do Decreto Municipal imposto pela prefeitura na última quarta-feira, 24. O objetivo é fazer frear o avanço da pandemia da Covid-19 na cidade e evitar o colapso na saúde.

A mesma medida foi implantada pela cidade do Rio, Niterói e pelas cidades da Região do Lagos. As medidas restritivas entraram em vigor nesta sexta-feira, 26 e serão mantida até o próximo dia 4 de abril.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp