publicidade 1200x90
18/05/2021 às 15h15min - Atualizada em 19/05/2021 às 08h01min

Música ao vivo retorna em bares e restaurantes em Maricá

(Foto: Arquivo/LSM)

LSM - Foi autorizado pela Prefeitura de Maricá, através de decreto nesta segunda-feira, 17, o retorno de música ao vivo em bares e restaurantes. Também foi liberado o funcionamento presencial até as 3h da manhã para o setor de bares, restaurantes, lanchonetes, cafeterias, docerias e similares.

Com isso, fica liberado a apresentação de música ao vivo e eletrônica, transmissão de eventos esportivos, assim como reprodução de qualquer música por meio de equipamento eletrônico.

Vale lembrar que, mesmo com a liberação ainda está proibida a utilização de pistas de dança e a permanência no local do bar ou restaurante de pessoas em pé. Os locais poderão funcionar de forma presencial até as 3 horas da manhã.

Os bares e restaurantes deverão disponibilizar mesa com álcool em gel 70%, além de manter o distanciamento de 1,5m entre mesas ou utilização de barreiras físicas.

De acordo com Igor Sardinha, Secretário de Desenvolvimento Econômico, Comércio, Indústria, Petróleo e Portos, todas as decisões referentes às regras de funcionamento dos estabelecimentos seguem o direcionamento e análise sanitária da equipe de Saúde de Maricá que, segundo ele, vem percebendo que o município está em um momento da pandemia no qual é possível avançar um pouco mais nas flexibilizações.

“O setor de bares e restaurantes faz parte de um dos grupos mais afetados e prejudicados nesse pouco mais de um ano de pandemia”, lembrou o secretário. “Esse é um setor de atividade econômica de fundamental importância para cidade, pois é gerador de emprego e de renda, então ficamos felizes por poder neste momento avançar um pouco mais, permitindo com que esses estabelecimentos fiquem mais tempo abertos”, explicou.

Igor destacou em seguida que os cuidados permanecem e que ainda há restrições. “Ainda não é permitido, por exemplo, que pessoas fiquem em pé nos estabelecimentos, também não está autorizada a liberação de pistas de dança, estão mantidas todas as regras de distanciamento, incluindo as das mesas que precisam ser cumpridas, entre outras para que continuemos avançando no que tange a liberação das atividade, mas controlando o vírus e fazendo com que avancemos sem precisar retroceder nessas questões e impor novos fechamentos”, alertou o secretário.

Na avaliação de Paulo Santos, presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL-Maricá) e do Maricá Convention e Visitors Bureau (Maricá CVB), as flexibilizações recentes são muito importantes para os empreendedores de Maricá.

“Já recebi várias manifestações dos nossos associados comemorando, porque isso significa a retomada das atividades em quase sua força total. Esse movimento é sem dúvida muito positivo para todo o conjunto da economia e um alívio para os negócios de nossa cidade que iniciam um processo de retomada”, disse Paulo Santos.

Para Lili Gomes, proprietária de um restaurante especializado em frutos do mar, em Cordeirinho, não é possível mensurar o sentimento de ver Maricá flexibilizando com responsabilidade.

“É um momento de retomada gradual e seguimos respeitando as determinações, com os devidos cuidados e acreditando que somos capazes de manter a cidade nesse novo momento. Contamos com o apoio da população, contamos com o entendimento de que é necessário retomar. Foram dias difíceis, muitos de nós ficaram pelo caminho, mas para os que permaneceram fica um grito de alegria e de esperança de que dias melhores estão por vir”, afirmou Lili.

Ainda segundo o decreto, os procedimentos descritos na presente legislação, referentes à flexibilização das atividades na cidade, visam minimizar os efeitos da pandemia, até que se identifiquem novos tratamentos e práticas, aptas a assegurar a anterior normalidade.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp