publicidade 1200x90
20/05/2021 às 22h34min - Atualizada em 21/05/2021 às 20h51min

Prefeitura de Maricá vacina campeão paralímpico em ação conjunta com o Condef


LSM - A Prefeitura de Maricá, em ação conjunta com o Conselho da Pessoa com Deficiência (Condef) vacinou o campeão paralímpico, Clodoaldo Silva, na tarde desta quinta-feira, 20, na Igreja Batista Atos 2, em Itapeba.

Uma ação de imunização de pessoas com deficiência acima de 18 anos foi realizada no município nesta quinta. Ao todo, foram 97 vacinados e, entre eles, / estrela do esporte nacional.

O atleta - que é nadador e mora em Itaipuaçu desde o ano passado - foi até o local para receber sua primeira dose do imunizante AstraZeneca. O espaço - que foi cedido à prefeitura - recebeu a primeira dessas ações, que vai passar pelos outros três distritos da cidade nos próximos meses para facilitar o acesso do público deficiente à vacina.

Com cinco participações em paralimpíadas, Clodoaldo conquistou seis medalhas de ouro, seis de prata e duas de bronze na natação. O nadador parabenizou à Prefeitura de Maricá e o Condef pela iniciativa. “A gente está vendo o que acontece no Brasil e no mundo o que esse vírus está fazendo, e poder se vacinar é algo que vale ouro. Hoje, a vacina é minha maior medalha, e espero que essa iniciativa seja um exemplo para o país”, celebrou o ex-atleta.

Outras pessoas que foram vacinadas falaram do alívio que é estar imunizado. “Perdi um primo e outras pessoas conhecidas para a Covid-19. Para mim é um livramento receber a vacina”, contou Claudenise da Silva, de 50 anos, que foi a Itapeba mesmo morando em Itaipuaçu, onde o ação chegará em breve.

Aos 62 anos e já vacinada, Genilda Vale Guedes levou para a neta Jenifer Vale Assis, de 25 anos, para receber sua primeira dose. Ela sofre de digenesia de corpo caloso, uma má formação cerebral que a impede de andar e falar. “Ela gosta de dar as voltinhas dela, mas não estávamos saindo de casa por causa da pandemia, nem de ônibus. Depois da segunda dose, vamos poder voltar a passear”, projetou a avó.

A Secretária de Saúde de Maricá, Simone da Costa, visitou o local de vacinação e afirmou que a segunda dose das pessoas com deficiência está garantida. “Temos uma reserva de doses da AstraZeneca que será voltada para a completar a imunização deste público. Montamos esta ação conjunta com o Condef para que esse grupo de pessoas se sinta mais acolhido neste momento”, explicou, lembrando que as próximas etapas nos outros três distritos ainda terão datas e locais definidos, pois aguarda a chegada de novas doses.

O presidente da entidade, Renê Lazzari, revelou que a ação servirá também para a realização de um censo das pessoas com deficiência na cidade. “Nossa missão é garantir direitos para essas pessoas. Por isso, procuramos a prefeitura para que a vacina pudesse cobrir esse grupo de forma especial”, reforçou.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp