publicidade 1200x90
01/06/2021 às 21h48min - Atualizada em 02/06/2021 às 09h14min

Prefeitura de Maricá distribui 600 cestas básicas em parceria com Petrobras e ONG Projeto Mão na Massa

LSM - A Prefeitura de Maricá, em um convênio com a Petrobras e a ONG Projeto Mão na Massa, realizou a distribuição de aproximadamente 100 cestas básicas e kits de limpeza nesta terça-feira, 1, para moradores que vivem em extrema vulnerabilidade social. No final da ação, a prefeitura planeja distribuir cerca de 600 cestas.

A distribuição continuará nessa quarta e quinta-feira, 2 e 3. Todos os beneficiados são cadastrados nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) e foram identificados pela Secretaria de Assistência Social.

A ação é realizada em comunidades localizadas próximo das ações da Petrobras, ou seja, áreas que de alguma forma recebem os impactos dos empreendimentos que cortam a cidade. São eles: o duto rota 3, que viabiliza o esvaziamento de gás que vem das plataformas do Pré -Sal e são encaminhadas para o antigo Comperj em Itaboraí, passando por Ponta Negra, Manuel Ribeiro e Ubatiba e o emissário de efluentes que é a água captada e utilizada pelo polo industrial que vem de Itaboraí e corta Santa Paula, Cassorotiba, Bosque Fundo, Inoã e Itaipuaçu.

Na Escola Municipal Romilda Nunes, no Bosque Fundo, foram entregues nesta terça-feira, 1, 109 cestas. Todas com arroz, feijão, macarrão, fubá, café, açúcar, óleo, achocolatado, biscoitos, molho de tomate, amido de milho, leite, detergente, pasta de dente, sabonete, sabão em barra e desinfetante.

Morador do ‘Minha Casa Minha Vida de Inoã’, Victor Lobo, de 63 anos, foi um dos beneficiados. “Essa ação é muito importante para a gente. Eu, por exemplo, sou fotógrafo e não estou podendo trabalhar. Eu já não tinha mais óleo para cozinhar desde ontem, o arroz já acabou também. Então, essa ajuda está chegando em boa hora”, contou.

“Na minha casa somos três pessoas. Com a crise, estamos vivendo sem renda nenhuma e nem trabalho, essa cesta vai me ajudar muito. Vai ser o nosso alimento do mês”, confessou Andreia Vasconcelos, de 48 anos, que também mora no Condomínio Residencial.

Outra moradora do MCMV beneficiada é Idalina de Lima, 57 anos. Ela mora sozinha, faz hemodiálise e ainda não conseguiu receber o benefício do governo. “Eu vivo da ajuda dos meus filhos, então a cesta está chegando numa boa hora. Vai ajudar muito”, revelou.

Maria Pereira, de 60 anos, mora com o filho e o esposo perto dali. “Essa é uma benção muito grande de Deus, porque meu filho está desempregado, eu também não trabalho, só meu esposo que recebe um benefício do INSS, então a cesta vai ajudar”, comemorou.

Vera Regina Gonçalves, de 60 anos, operou recentemente o coração e está sem renda alguma. “Eu não tenho de onde tirar, vivo sozinha, só eu e Deus. Então, isso para mim é uma glória”, garantiu.

“Eu fiquei muito feliz. Agradeci a Deus e a todo mundo que me ajuda. Se não fosse a cesta eu ia ter que comprar alguma coisa com o cartão mumbuca, porque eu recebo uma pratinha da prefeitura, mas como eu ganhei essa ajuda, vou poder comprar outras coisas com o meu cartão mumbuca”, revelou Leda Cardoso de 72 anos que mora nos arredores.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp