26/06/2021 às 15h38min - Atualizada em 28/06/2021 às 01h31min

Operação conjunta da Polícia Civil e Militar estoura rinha de galos na Região Central de Maricá

LSM - Agentes da Delegacia de Delegacia de Maricá (82ª DP) e Policiais Militares da 6ª Companhia de Maricá estouraram uma rinha de Galo, no início da tarde deste sábado, 26, na comunidade do Cantinho, na Região Central de Maricá. Um homem foi detido e levado para a delegacia.

O caso aconteceu por volta de meio dia. De acordo com levantamento feito pelo LSM, a Delegacia de Maricá recebeu denúncias anônimas informando sobre a realização da brigas de galos no local e após Investigações sobre a localização, uma operação foi montada. Com auxílio da equipe do Patrulhamento Tático Móvel (PATAMO), os Policiais foram até o local.

No endereço denunciado, os agentes flagraram o "ring", onde funcionava as lutas e os alojamentos, onde os galos erraram mantidos e preparados para a lutas.

Ao todo, 15 galos foram resgatados do local. Um homem, apontado como responsável pelos animais foi detido e levado para a Delegacia de Maricá (82ª DP). Na Unidade Policial, o homem foi atuado por crime ambiental.

Já as aves, foram apreendidas e encaminhadas a local credenciado para recebimento dos animais, onde receberão os devidos cuidados até o fim do processo.

Um homem foi detido e levado a Delegacia de Maricá (82ª DP), onde prestou esclarecimentos e foi autuado no crime ambiental, o mesmo ficará a disposição da justiça.

BRIGA DE GALO É CRIME

De acordo com a Lei nº 9.605/98 no seu Artigo 32º descreve que é crime "praticar ato de abuso, maus tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domesticados, nativos ou exóticos". Com pena prevista de Três meses a um ano e multa.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp