28/06/2021 às 18h22min - Atualizada em 29/06/2021 às 08h05min

Região de abandono: Moradores e lideranças comunitárias denunciam ausência do poder público na Chácaras de Inoã

LSM – Moradores e Lideranças Comunitárias procuraram a equipe do LSM, na tarde desta segunda-feira, 28, para denunciar um levantamento que aponta o crescimento desordenado e abandono do poder público no loteamento Chácaras de Inoã, em Maricá.

De acordo com as informações fornecidas a nossa equipe, a ausência do poder público no loteamento da Chácaras de Inoã, vem facilitando as invasões e favorecendo as construções irregulares na localidade.

Segundo o levantamento feito por líderes comunitários, no último semestre, houve uma grande invasão e diversas vendas de posses que não poderiam ser realizadas. Além disso, também foi possível constatar que mais de 88% das ruas ainda não são pavimentadas e cerca de 46% dos moradores não tem acesso a água potável fornecida pela CEDAE.

Entre a estrada de Itaipuaçu e a Rua 66 (Estrada dos Cajueiros), o loteamento encontra-se em uma localização privilegiada, já que também se encontra em um ponto central da Rj-106 e Jardim Atlântico, ocupando uma grande parte da Reserva Verde.

Moradores da região pedem uma fiscalização do Poder Público e principalmente da Prefeitura de Maricá, para que essa prática irregular e o abandono no local tenha uma solução. As famílias que vivem na região pedem para que aconteça uma intervenção das autoridades e que esse descaso com a localidade venha a ser solucionado.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp