28/07/2021 às 12h18min - Atualizada em 28/07/2021 às 15h18min

Maricá: Sem abastecimento de água e com vazamentos moradores cobram a CEDAE

Foto/Reprodução: Internet

LSM – Diversos moradores estão reclamando sobre a falta de abastecimento de água, no bairro Pedreiras, na região Central de Maricá. Já no bairro de Inoã, moradores denunciam vazamento nas ruas e problemas no fornecimento de água. 

Há pelo menos dois meses os moradores do bairro Pedreiras estão sem água encanada. De acordo com relatos, a CEDAE informa que não tem sequer uma previsão de retorno do abastecimento na região.  

Já os moradores da Rua Antônio de Castilho, em Inoã, denunciam um vazamento no local há mais de um mês. Até o momento, nenhuma equipe da CEDAE foi até a localidade para ver o problema ou dar um posicionamento aos moradores.  

‘’Eu já liguei várias vezes para a CEDAE, tenho inúmeros protocolos, mas ninguém vem até o local ver esse vazamento na rua. A rua está com diversas poças d’água, algumas casas estão sem água também, devido ao vazamento’’, relatou uma moradora.  

Em um comunicado, a Assessoria da CEDAE se pronunciou sobre o que tem causado o desabastecimento na região Central de Maricá. Segundo eles, o nível do Rio Ubatiba, está baixo e vem deixando o sistema operando apenas com 35% da capacidade de produção e fornecimento de água tratada. Com essa estiagem, diversos bairros sofrem com o desabastecimento como a Barra de Maricá, Centro, Mumbuca, Itapeba, Boqueirão, Flamengo, Caxito, Araçatiba, entre outros bairros atendidos pela CEDAE. 

Não é de hoje que o site do LSM faz matérias denunciando sobre os problemas envolvendo a CEDAE. Muitos moradores, de diversos bairros, sofrem há tempos com a falta de abastecimento d’água ou problemas relacionados a vazamentos que não são resolvidos pela empresa e trazem transtorno aos moradores que pagam suas contas em dia.  

‘’Todas as minhas contas estão pagas. Mas quando ocorre algum problema, como o vazamento aqui na rua, eles simplesmente não dão o apoio que precisamos. Essa não é a primeira vez que acontece esse vazamento aqui, muitas famílias da rua precisam da água, mas quando não sofremos com a falta de abastecimento, sofremos com vazamentos’, comentou uma moradora do bairro de Inoã, que sofre com vazamento em sua rua. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp