28/07/2021 às 14h32min - Atualizada em 29/07/2021 às 02h50min

Protesto contra o retorno das aulas presenciais é realizado por educadores em Maricá

LSM – Diversos professores e representantes do Sindicado dos Profissionais de Educação da cidade (Sineduc),  fizeram um protesto na tarde desta terça-feira, 27, em frente à Prefeitura de Maricá.  

Os educadores não são a favor do retorno das aulas, devido aos surtos de Covid-19 que as escolas do município estão enfrentando. De acordo com a Sineduc, as escolas apresentaram um número preocupante de alunos infectados nas últimas três semanas.

As escolas Professor Darcy Ribeiro, Alcebíades Afonso Viana Filho, João Monteiro, Escola Municipalizada Pindobas, Caic Elomir Silva, Escola Municipalizada de Inoã e Anísio Spínola Teixeira, registram um aumento nos casos de Covid desde que as escolas voltaram a funcionar em formato híbrido no ínicio de julho.  

Mesmo funcionando com um número reduzidos de alunos e com a autorização para funcionar com apenas 50% dos alunos e seguindo todos os protocolos necessários, não impediu que os alunos fossem infectados pelo vírus.  

Durante o protesto, três propostas foram apresentadas pelo sindicato:  

. Fechamento das escolas que tiverem com casos de Covid-19 entre profissionais ou alunos (mínimo 15 dias); 

. Não-corte de ponto por parte da Prefeitura de Maricá aos profissionais da educação que aderirem à Greve Pela Vida (presencial) e continuam ministrando aulas retotamente; 

. Retorno presencial só em 2022 aos profissionais que possuem algum tipo de comorbidade. 

A Secretaria de Educação afirma que os alunos não obrigados a retornar as aulas, isso fica a critério dos responsáveis, os alunos podem continuar assistindo as aulas de casa e fazendo todas as suas atividades de forma remota.  

Os alunos que apresentarem qualquer tipo de sintomas respiratórios, como tosse ou espirros, não deverão ir até à escola para assistir as aulas presencialmente.  

Além disso, vale lembrar o quanto é importante o uso da máscara, do álcool em gel e o distanciamento entre os alunos dentro das salas de aula.  


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp