30/10/2021 às 12h01min - Atualizada em 30/10/2021 às 12h00min

Prefeitos de Maricá e Cabo Frio se reúnem para lançamento da Moeda Social Itajuru, em Cabo Frio

O lançamento da moeda social aconteceu nesta sexta-feira (29).

Thayná Silva - leisecamarica.com.br
Foto: Divulgação

O prefeito de Maricá, Fabiano Horta, participou nesta sexta-feira (29/10) do lançamento da moeda social de Cabo Frio, a Itajuru, que tem como inspiração a Moeda Social Mumbuca de Maricá, parte do programa de Renda Básica de Cidadania (RBC) do município.

Fabiano Horta participou da entrega dos primeiros cartões da Itajuru, destacando o orgulho em observar a Moeda Mumbuca ser utilizada como modelo para gerar programas de auxílio à população em outros municípios.

“É uma satisfação ser parte da construção da moeda Itajuru. A moeda Mumbuca foi criada em 2013 e transformou a nossa economia, empoderando as periferias locais”, destacou o prefeito. “É muito bom ver a moeda ser reconhecida e implementada em outros municípios, o que mostra a referência da cidade em políticas públicas”, acrescentou o vice-prefeito Diego Zeidan.

Experiências compartilhadas entre as cidades

O prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio, afirmou que recebeu todo suporte da Prefeitura de Maricá para tornar a moeda social Itajuru em realidade.

“Eu ouvia falar da Moeda Mumbuca há anos e resolvi copiar o exemplo exitoso de Maricá. Pretendemos expandir aos poucos o programa pelo município, assim como ocorreu em Maricá”, ressaltou o prefeito de Cabo Frio.

A Moeda Mumbuca

Os benefícios sociais de Maricá são pagos em mumbucas, desde 2013, garantindo que os valores circulem apenas no município. Dentre essas iniciativas, está o Renda Básica da Cidadania (RBC), além do Programa de Amparo ao Trabalhador (PAT) e o Programa de Amparo ao Emprego (PAE) — criados para combater os efeitos da pandemia de Covid-19.

Criado em 2013, o RBC beneficia 42,5 mil pessoas (26% da população) que recebem por mês 300 mumbucas (R$ 300) para utilizar nos 10,6 mil estabelecimentos cadastrados na cidade. O modelo é responsável pela inserção mensal direta de quase R$ 13 milhões na economia de Maricá.

O evento ocorreu no CIEP 150 – Professora Amelia Ferreira Dos Santos Gabina, no bairro Manoel Corrêa, em Cabo Frio.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp