06/11/2021 às 13h05min - Atualizada em 06/11/2021 às 13h03min

Vigilância em saúde realiza busca ativa para controle da leishmaniose

Ana Farias - leisecamarica.com.br

A Prefeitura de Maricá realizou nesta sexta-feira (05/11) uma busca ativa de possíveis casos de animais com leishmaniose (tipo de doença infecciosa transmitida pelo mosquito-palha). A ação, que aconteceu no bairro de Itaocaia Valley, em Itaipuaçu, também teve o objetivo de alertar e orientar a população sobre sintomas e prevenção da doença.

O procedimento coordenado pela equipe de Vigilância em Saúde Ambiental da Secretaria de Saúde previa a avaliação do animal e, em caso de necessidade, um teste de triagem era realizado na própria residência do tutor. Em caso de resultado positivo para a doença, o animal é encaminhado para um laboratório para efetuar uma “contraprova”.

Região sem casos registrados

O gerente da vigilância em saúde ambiental, Ronald Marques afirmou que nenhum caso na região foi detectado até o momento. “Orientamos o proprietário em relação a limpeza, principalmente em áreas de mata, onde o mosquito é natural da localidade. Se o ambiente tiver limpo, ele não vai proliferar na residência. Além disso, sempre indicamos o uso de repelentes, telas nas janelas e coleiras de repelentes para os cães”, disse.

Na Avenida Tocantins, quadra 29, a equipe realizou o teste rápido no cão Rex, de 1 ano e 8 meses, que testou negativo e deixou seu tutor Carlos Alberto Figueira satisfeito.

“Acho essa iniciativa de controle muito importante, o que não falta nessa rua são cachorros soltos. Com o acompanhamento, a gente se sente mais seguro, já que moramos perto da mata e tem muitos mosquitos”, declarou.

Para notificar casos de zoonoses a população pode entrar em contato com a equipe de vigilância por meio do e-mail [email protected] e também pelo telefone (21) 99649-5256.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp