13/01/2022 às 15h18min - Atualizada em 13/01/2022 às 15h07min

Acusado de matar orientadora de trânsito morre após se jogar da Ponte Rio-Niterói

Haroldo foi resgatado com vida pelos Bombeiros, mas não resistiu e morreu no Hospital Souza Aguiar, no Centro do Rio.

Thayná Silva - leisecamarica.com.br

O homem acusado de assassinar a orientadora de trânsito de Maricá morreu após se jogar da Ponte Rio-Niterói, na manhã desta quinta-feira, 13. 
 

De acordo com as informações, após ter assassinado a ex-companheira, na Rua Renato Girandi, no Rio do Ouro, em São Gonçalo, o homem pegou o carro de um vizinho e fugiu indo em direção ao Rio de Janeiro. 
 

Chegando na Ponte Rio-Niterói, o acusado desembarcou do veículo, subiu no Vão Central e pulo na tentativa de tirar a própria vida, depois de assassinar brutalmente a sua ex-mulher, identificada como Bruna Araújo Carvalho, de 27 anos. 

Após se jogar na Bahia de Guanabara, o homem - identificado apenas como Haroldo - ainda chegou a ser socorrido por uma lancha do GMAR e foi levado com vida para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio.  
 

Porém, depois de dar entrada na Unidade Hospitalar, o homem acabou não resistindo e veio a óbito.  

 

ENTENDA O CASO:


1º: Orientadora de trânsito de Maricá é morta pelo ex Marido no Rio do Ouro
2º: 
Acusado de matar a orientadora de trânsito de Maricá se joga da Ponte Rio-Niterói

 

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp