11/05/2022 às 00h40min - Atualizada em 11/05/2022 às 00h38min

Com aumento do diesel, empresas de ônibus podem reduzir frota no RJ; Saiba como ficará em Maricá

Jade Carvalho - leisecamarica.com.br
Agência Brasil


A Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor) divulgou uma nota nesta segunda-feira, 09, alertando que um novo reajuste no preço do diesel pode fazer com que as empresas de ônibus reduzam a frota de coletivos circulando pela Região Metropolitana do Rio. 


Segundo a Fetranspor, os sindicatos que representam as empresas que operam em Maricá, Niteroi, São Gonçalo, Itaboraí, Tanguá e nos municípios da Baixada Fluminense alertaram para o agravamento da crise com o novo aumento.


De acordo com a nota, as empresas serão obrigadas a promover reduções na operação e adaptar a frota em circulação à capacidade financeira, levando a medidas de racionamento de combustível, com a priorização de determinados serviços e linhas em horários de maior movimento. A decisão afastaria o risco de pane seca na frota em operação e a interrupção do serviço durante as viagens.


A Fetranspor afirma, ainda, que é urgente e inadiável a adoção de ações emergenciais por parte dos governos federal, estadual e municipal, para garantir a continuidade das operações.


Vale lembrar que, a Petrobras anunciou um reajuste de 8,8% no preço do combustível para as distribuidoras a partir desta terça-feira, 10, onde o preço do litro no atacado passa a custar R$4,91, sofrendo o aumento de R$0,40 centavos. 


A equipe do LSM procurou a Prefeitura de Maricá, através da Empresa Pública de Transportes (EPT) para averiguar se há a possibilidade de alguma frota dos ônibus ‘Vermelhinhos’ ser reduzida, o que foi negado prontamente. 


Confira a nota: 


“A Prefeitura de Maricá, por meio da Empresa Pública de Transportes (EPT), esclarece que não haverá redução na frota dos ônibus municipais devido ao aumento do diesel. A administração municipal entende que o transporte público é um direito do cidadão e a EPT manterá e sempre estenderá, quando necessário, a demanda de transporte gratuito na cidade.”


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp