publicidade 1200x90
29/06/2022 às 10h41min - Atualizada em 29/06/2022 às 10h41min

Maricá sobe na avaliação sobre informações fiscais do Tesouro Nacional

Jade Carvalho - leisecamarica.com.br



O município de Maricá subiu da 7ª para a 4ª posição como uma das cidades que melhor proporcionou a qualidade das informações fiscais e contábeis enviadas ao Tesouro Nacional em 2021, na comparação com o ano de 2020, entre os 16 municípios da microrregião do Leste Fluminense.


O ranking foi divulgado na segunda-feira, 27, e tem como objetivo avaliar a consistência das informações contábeis e fiscais enviadas pelos entes por meio do Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (Siconfi).


Para medir a qualidade das informações, o Tesouro Nacional utiliza o indicador de Qualidade da Informação Contábil e Fiscal no Siconfi (ICF), que atribui notas para o desempenho dos entes com base no percentual de acertos, com cinco níveis que vão de A a E, sendo o maior conceito atribuído a mais de 95% das informações avaliadas como corretas e o menor àqueles com conformidade abaixo de 65% nos dados avaliados.


Em 2020, Maricá teve 65,5% e, em 2021, subiu para 74,2%, com uma diferença de quase 10%. De acordo com Leonardo Alves, Secretário de Planejamento, Orçamento e Fazenda, diversas medidas vêm sendo implementadas na administração municipal para que Maricá pudesse dar este salto no ranking.


“É importante compreender que o crescimento foi significativo. Houve crescimento na posição e no percentual de acertos. A primeira coisa que fizemos foi estudar quais são os requisitos do ranking para podermos melhorar nossa posição e fizemos o levantamento de todos os requisitos necessários para que a informação fosse enviada completa, atendendo ao pedido do Tesouro Nacional”, afirmou Leonardo.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp