PCdoB repudia decisão do TRE-RJ que negou o registro de candidatura de Quaquá


O diretório de Maricá do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) repudiou a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro, que proibiu a candidatura do ex-prefeito de Maricá e presidente estadual do Partido dos Trabalhadores, Washington Quaquá, para concorrer a Deputado Federal.

“- O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) de Maricá vem a público manifestar o repudio à decisão injusta e antidemocrática dos poderes golpistas liderados por Temer que são contrários a Lei e ao povo, que cassa o registo da candidatura a deputado federal do Presidente Regional do Partido dos Trabalhadores (PT-RJ) e ex-prefeito de Maricá, Washington Siqueira Quaquá, e se solidarizar com camarada e companheiro de lutas. A decisão nada mais é que uma afronta à democracia brasileira, tão combalida nos dias atuais, além de ser injusta e contrária a lei do povo. Eleição sem Quaquá retrata a perseguição de setores da elite judiciária aos candidatos do campo progressista”, disse a nota. 

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) negou, por cinco votos a um, o registro de candidatura do presidente estadual do PT, Washington Quaquá, a deputado federal. Quaquá, ex-prefeito de Maricá, já foi condenado em ações de improbidade administrativa pelo Tribunal de Justiça do Rio.

Ainda na sessão desta quarta-feira (12), por quatro votos a dois, o TRE, a exemplo da Justiça Eleitoral de Rondônia e apesar da posição do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), proibiu Quaquá de fazer campanha e de receber recursos do Fundo Partidário. O pedido de impugnação foi feito pela coligação formada pelo Podemos e pelo PR.

REPORTAGENS RELACIONADAS

error: Conteúdo protegido!