População já vê resultados do novo plano municipal de segurança pública de Maricá

Em menos de 30 dias de funcionamento do Plano Municipal de Segurança Pública os resultados são positivos e a população já percebe a sensação maior de segurança em todo município. Esta é a avaliação de comerciantes e moradores que afirmaram estar mais seguros após a parceria da Prefeitura (através da Secretaria de Segurança Pública, Ordem Pública e Trânsito) com a Coordenação do Programa Estadual de Integração na Segurança (CPROEIS) da Polícia Militar, efetivamente iniciada em 02/10. Os números das ações realizadas pelos policias são positivos.

O convênio do Proeis disponibiliza 100 policiais por plantão e quem define a utilização do efetivo nas ruas é a Secretaria de Segurança. “Hoje, o Proeis em Maricá funciona com plantões de 12 horas diurnas e 12 horas noturnas. Em nossa terceira semana, além do plantão diurno entramos também com o plantão noturno, ou seja, policiais do Proeis rodando 24 horas em todo o município”, frisou Anuciana de Azevedo, chefe de gabinete da Secretaria. Atualmente, 26 policiais do Proeis atuam durante o dia e 14 pela noite nas 15 viaturas circulando pela cidade.

Já nas primeiras semanas os policiais do Proeis realizaram várias prisões, apreensões e frustraram tentativas de assalto. Os números comprovam o sentimento da população de mais segurança. Foram 05 prisões em flagrante, sendo duas com posse de entorpecentes, uma por roubo a pedestre, uma em flagrante por moto roubada (art. 180) e uma de um elemento acusado de furto e posse de uma pistola.

Ainda de acordo com informações do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), em todo o território maricaense foram feitos 12 sarqueamentos (averiguação feita para saber se o indivíduo possui mandado de prisão) de elementos em atividades suspeitas, 78 motos foram apreendidas, 17 sucatas de motos (chassi adulterado) foram recolhidas, 04 carros em situações irregulares apreendidos, um auxílio aos fiscais de postura para interditar estacionamento irregular e um auxílio para averiguação de ocupação irregular de terrenos.

Os policiais do Proeis, em apoio a 6º Companhia do 12º Batalhão (Niterói), realizaram também dois cercos, no qual, foram feitas duas apreensões recuperando dois carros roubados, com cinco indivíduos presos.

As ações já contabilizam a apreensão de armamentos. Foram 02 pistolas, 01 revólver calibre .38 e 02 pistolas simuladas.

Os acidentes envolvendo motos no município também diminuíram após as ações repressivas que também possuem caráter educativo.

A população não só aprovou como confirma a presença e a eficiência desse policiais nas ruas de Maricá. Marcelo Correia, morador de Itaipuaçu e jornaleiro em Inoã há 12 anos, contou que já presenciou ocorrências como assaltos e furtos próximo à sua banca de revistas, mas que nos últimos dias a sensação de segurança mudou de forma significativa.

“Eu que chego para trabalhar de madrugada notei uma grande mudança durante todo o mês de outubro. Antes tinha uma movimentação suspeita de motoqueiros e usuários de drogas, mas agora isso acabou. A polícia está presente não só aqui em Inoã, mas também em Itaipuaçu”, disse elogiando o trabalho. “Afirmo com toda certeza de que nós moradores e comerciantes de Maricá estamos nos sentindo mais seguros com o efetivo atual da PM. Essa ação da Prefeitura, inclusive, está coibindo a entrada de criminosos de outros municípios na cidade”, garantiu Marcelo.

Morador do Spar há 33 anos, ‘Carlos Borracha’ também destacou o policiamento ostensivo. “Eu vivia com muita insegurança, parei até de ficar na borracharia a noite devido a falta de segurança, mas agora está uma maravilha. Tem viatura na frente da minha borracharia pela manhã, tarde e noite, o tempo todo. Está bem melhor! Os policiais estão muito bem organizados. Eles fazem a ronda regularmente, circulam depois voltam. Afirmo com certeza que desde que essa operação começou não teve mais assaltos aqui na beira da estrada do Spar”, afirma.

Josemar Guimarães, gerente do restaurante Tempero do Chef, na Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro, contou que era comum ver a presença de pessoas em situações suspeitas e, principalmente, usuários de drogas na Praça ao final do dia, mas que há algumas semanas isso não vem mais ocorrendo.

“Estou aqui há dois meses e no começo eu quase não via policiamento, mas agora vejo sempre homens fardados, PMs e viaturas circulando durante o dia e a noite.”, afirmou. “Os usuários de drogas e pessoas com comportamentos suspeitos desapareceram da Praça. Estamos trabalhando mais tranquilos, os clientes estão se sentido mais seguros”, comemora.

Gilvanete dos Santos, comerciante e moradora de Itaipuaçu, há 4 anos, contou que era comum ver assaltos, principalmente, na saída do banco próximo ao seu pequeno comércio, mas que desde o início da operação do Plano Municipal de Segurança, os assaltos acabaram.

“Há alguns meses nós víamos muitos casos de assalto, mas agora melhorou bastante. Ver uma viatura circulando durante todo o dia e coibindo a presença de marginais nos dá muito mais tranquilidade para trabalhar e para voltar pra casa. Nós precisávamos desse policiamento no dia a dia. Esse é o caminho”, ressaltou a comerciante.

Segundo a secretaria de Segurança Pública e Trânsito, serão instalados ainda módulos de segurança em 10 pontos estratégicos da cidade onde ficarão as viaturas. As unidades serão interligadas por comunicação via rádio.

“A tendência do Proeis é crescer e junto com ele vem o nosso plano de segurança pública que contempla ainda a instalação de módulos. Serão 10 módulos espalhados por todo município, nos quais terão agentes de trânsito, agentes da guarda municipal, agentes de segurança pública e policiais do Proeis com viaturas. Atendendo, assim, os pontos mais críticos do município que são as áreas de entrada da cidade”, finalizou Anuciana De Azevedo.

error: Conteúdo protegido!