Prefeitura diz que não proíbe transporte de passageiros por aplicativo em Maricá



A Prefeitura de Maricá, através da Secretaria Municipal de Transportes, divulgou uma nota no final da tarde desta sexta-feira, 15, dizendo que o transporte de passageiros por aplicativo não está proibido no município.

De acordo com o secretário de Transportes André Luiz Azeredo da Silva, a operação realizada com o auxílio do PROEIS na última quinta-feira (14/02), que resultou no reboque de um veículo particular que fazia ponto em frente ao Terminal Rodoviário do Centro, foi motivada pelas cerca de 50 denúncias que a pasta recebe, normalmente de quinta-feira a domingo.

“O veículo só foi rebocado porque estava fazendo ponto no local de táxi. Não existe proibição do serviço particular através de aplicativos em Maricá. O que existe é uma fiscalização da atividade, porque os motoristas que trabalham com esta modalidade devem atender aos chamados dos clientes e não podem fazer ponto, principalmente em locais onde são regulamentados os pontos de táxi, moto táxi e van”, afirmou André.

Vale ressaltar que, além dos motoristas de aplicativo, também estão sendo fiscalizados veículos de municípios vizinhos que estão fazendo lotada em Maricá.

Trabalhando como taxista há 9 anos na cidade, Wanderson Soares classifica como correta a ação de fiscalização da Prefeitura.

“Infelizmente nós e a população estamos sendo prejudicados com o desrespeito desses motoristas. A todo momento os carros com letreiros luminosos indicando ser de aplicativo param em fila dupla, cercam os passageiros que saem dos ônibus e ainda têm os carros que fazem lotada vindos de outros municípios. Isso é um perigo para o passageiro. A prefeitura está correta em fiscalizar. Está protegendo o cidadão também”, finalizou Soares.

Não há regulamentação para motoristas de aplicativos de passageiros no município de Maricá.

REPORTAGEM RELACIONADA

error: Conteúdo protegido!