Prefeitura envia nota de esclarecimento sobre os problemas na coleta de lixo nos bairros de Maricá


LSM- Após reportagem do LSM, sobre o início de uma nova greve dos coletores de lixo ocorrida na manhã desta sexta-feira, 16, a Prefeitura de Maricá nos enviou uma nota de esclarecimento, relatando o seu posicionamento, os detalhes da reunião e suas estatísticas.

Sobre os detalhes da reunião, a prefeitura afirmou que durante a reunião realizada nesta manhã – que envolveu representantes da empresa responsável, seus funcionários e o sindicato – foi feito um acordo e a greve foi encerrada. Em nota, ressaltou que o município não tem qualquer responsabilidade quantos às questões trabalhistas envolvendo a empresa e seus funcionários. Nesse quesito, sua obrigação é apenas na remuneração pelo serviço prestado, a qual, está com os pagamentos em dia.

De acordo com prefeitura, o volume de resíduo coletados na cidade sofreu um aumento consideravelmente de quase 70%. Em nota, o aumento no volume foi justificado pela grande quantidade de pessoas que decidiram cumprir o isolamento social em casas, que antes, só eram usadas para veraneio. Devido a isso, o volume médio de resíduos passou de 100 toneladas por dia, para uma média de 166 toneladas diárias.

Segundo a nota, a prefeitura tem detectado as eventuais irregularidades na empresa responsável pela coleta de lixo e, portanto, vem realizando fiscalizações e cobrando as correções. Como também, tem cobrado da empresa os ajustes para que seja atendido a demanda de volume de lixo, de acordo com a nova realidade.

O LSM continuará acompanhando de perto e torcendo para solução do presente problema enfrentado pelos moradores dos diferentes bairros da cidade.

error: Conteúdo protegido!