Quadro de saúde do adolescente soterrado em Ponta Negra é considerado estável


LSM- O quadro de saúde do adolescente – que ficou soterrado na Praia de Ponta Negra após uma brincadeira com os amigos – passou de grave para estável. A informação foi divulgada pela Secretaria Estadual de Saúde nesta quinta-feira, 9. O adolescente foi socorrido pelos Bombeiros e levado de helicóptero para o Hospital Municipal Miguel Couto, no Rio.

O caso aconteceu na tarde do último domingo, 4. De acordo com informações, um grupo de adolescentes estava na praia – na altura da Rua 161 – brincando de se enterrar na areia quando um deles – que foi enterrado em um buraco profundo – ficou encoberto por uma faixa de areia e não conseguiu sair.

O adolescente – identificado como Carlos Gabriel Tavares Firmino Monteiro Bastos, de 17 anos – foi socorrido por Guarda-Vidas do 4º Grupamento Marítimo (GMAR – Itaipu) do Corpo de Bombeiros. Em uma rápida e delicada ação, os militares conseguiram desenterrá-lo.

Inconsciente e com asfixia, a vítima foi colocada na ambulância da corporação a em seguida – devido a gravidade do quadro de saúde – encaminhado de helicóptero para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Zona Sul do Rio, onde segue internado.

De acordo com a Secretária Estadual de Saúde, o quadro do adolescente seguia grave e requeria extremo cuidados médicos (nota emitida na tarde da última terça-feira, 8). Na quinta-feira, um novo boletim foi divulgado e informado melhoraria no quadro de saúde, que passou a ser considerado estável.

O adolescente ainda não tem previsão de alta médica.

REPORTAGENS RELACIONADAS

error: Conteúdo protegido!