Recentes casos de violência em Maricá geram debate na Câmara dos Vereadores


Os recentes casos de violência ocorridos na cidade geraram novas discussões entre os vereadores. Frank Costa sugeriu uma reunião entre os parlamentares e o comando do 12º Batalhão de Polícia Militar, a Secretaria de Segurança Pública, entre outras entidades da área de segurança a fim de discutir mecanismos que reduzam os índices de assaltos ocorridos no município.

A vereadora Andréa Cunha informou que será realizada uma audiência pública on-line para tratar da violência contra a mulher. Os encontros ocorrerão nos dias 17,24 e 30 de junho. O vereador Danilo Santos falou da importância da Casa da Mulher para acolher mulheres vítimas de violência doméstica. O vereador Ricardinho Netuno sugeriu a implantação de serviços do Proeis nos condomínios do MCMV. Já Xandi de Bambuí, solicitou policiamento ostensivo na área da Restinga

Ordem do Dia – Foi votado e aprovado, em segundo turno, o Projeto de Lei que dispõe sobre a criação da Corregedoria Geral e da Ouvidoria da Guarda Municipal de Maricá. Agora o projeto segue para sanção do prefeito Fabiano Horta.

Também foram votadas moções de autoria do vereador Dr. Felipe Auni a Thiago Alkmim, a Patricia Alkmim, a Cleonice Silva e a Aline Aparecida Silva dos Santos. Também foi votada moção de autoria do vereador Xandi de Bambui ao Edenísio do Nascimento Filho. As moções e o projeto de lei foram aprovados pelos vereadores.

error: Conteúdo protegido!